Made in Italy

A imagem não é do GP da Espanha, é do GP da França. O resultado só não foi o mesmo que em Barcelona graças ao escapamento made in Italy…


– Pela quinta fez em seguida a melhor volta na corrida, mas a fase complicada de Räikkönen continua. A qualidade do trabalho na Ferrari deteriora cada vez mais. Subjetivo sou eu? Porque então ninguém dos globalistas xingou a Ferrari, como é costume quando algo assim acontece com o Massa…?

– Corrida dada ao Massa, que não tinha resposta alguma na pista enquanto o carro do Räikkönen estava inteiro, na bandeja. Lidera o mundial por mérito. Mas até quando….?

– A Toyota foi novamente bem, visto o Glock, mas o Trulli foi impecável, o melhor não-Ferrari. Pódio merecidíssimo

– Vão falar o que do Kovalainen agora? Contrário ao Hamilton fez uma corrida inteligente e paciente. Deu a resposta aos críticos, embora ainda tenha dificuldades de fazer os pneus funcionarem.

– Kubica foi mais uma vez 100%, ou mais até. De novo não cometeu um erro sequer. Aliás, vale para a BMW-Sauber também. Mas o F1.08 não combinou com a pista

– Nelsinho provou a sua qualidade, ganhou uma posição já na largada, se defendeu com bravura contra as McLaren. E passar o Alonso não é pra qualquer um. Os primeiros dois pontos provam: O teste extenso em Barcelona rendeu. Resposta dada. Será que o contrato pessoal com o Don Flávio já foi assinado?

– Alonso comprometeu a própria corrida com uma péssima largada de carro leve. Um pontinho o fez chegar na marca dos 500 pontos. Mas esta não era a meta…

– Faltou chuva pra emoção de verdade…

Advertisements

46 Gedanken zu “Made in Italy

  1. Decepcionante a atuação do Alonso.
    Mário o que tu acha que acontecerá com o Alonso em 2009, tu acha que a Renault segura ele ou ele vai pra BMW ou outra equipe?
    Abraços

  2. pra que colocar um post como esse thiago? tem gente q gosta de brigar mesmo.

    se nao gosta do blog, procura outro lugar. é ruim ter de ler comentarios como esse… ridiculo!

  3. Algumas considerações. Piloto campeão tem que ter sorte. O Kimi não fazia frente ao Massa no campeonato passado até a quebra em Monza. E não adianta falar nos globais, pois a pontuação mostra.
    De qualquer forma, a corrida seria do Kimi sem a quebra, o finlandês teve uma grande atuação.
    Até quando dura a liderança do Massa? Bom, até o fenômeno inglês parar de errar, parece que não vai acontecer. Até o Kovalainen reagir, hoje ele foi bem, mas não fosse a má performance da BMW na França e os erros de Lewis não chegaria entre os cinco.
    Ah vai também enquanto a BMW tiver um outro piloto incompetente como o Heidfeld.

  4. Olá Bauer, desde ja peço pra nao se incomodar
    com esse tipo de pessoas que postam como o Thiago…
    Seu silencio talvez seja a melhor resposta, e esperar pelo fim da temporada melhor ainda…

    Outra coisa que gostaria de comentar foi a enfase dada pelos globalistas pelo fato do nelsinho ter segurado o hamilton…`
    É claro que o Nelsinho tem grande mérito, e eu vibrei muito com aquilo, mas quando o Hamilton passou o Alonso, nas duas vezes este estava pesado e o ingles prestes a ir para os boxes…

    O Nelsinho tambem teve mérito ao passar o Alonso, mas vale lembrar que foi pelo fato do espanhol ter tentado ultrapassar o Webber e ter espalhado demais…
    Alem do que nestas circunstancias, o Alonso nao precisava tanto assim brigar com o Nelsinho ja que o tres pontos estão indo pra Renault…

    abraços

    Mas obviamente o Piquet está de parabéns…

  5. Cadu, acho que quando o Bauer disse „até quando“, nao se referiu a nenhum desses que vc citou como supostos adversarios do Massa, e sim ao companheiro dele, o Kimi, ja que a Ferrari está muito superior este ano…
    Tambem nao acredito que o massa ira ganhar esse campeonato, pelo menos nao em condiçoes normais…

    abraços

  6. Mario, as minhas críticas quanto ao Kovalainen eram pela sua pontuação até antes do Gp da França. 38 pontos do Hamilton contra 15 dele. E hoje ele fez um corridaço, respondeu a mim também, e comprovou que, piloto por piloto, é melhor que o Hamilton. Eu acampanhando a corrida pelo Live Timing, percebi que depois, do 1º pit stop, o Kimi estava impondo 6,2 segundos no Massa, comprovando que o Felipe se perde mentalmente quando está atrás. O brasileiro está pensando em ganhar o máximo de corridas, o Raikkonen, em ganhar o campeonato.

  7. Kimi podeira vencer com autoridade hoje, mas, como bem dizia o Fangio, „corridas são corridas“… segurou o segundo e continua na briga.

    O Massa, ex-piloto „win or wall“, fez o dele; não tinha o mesmo ritmo do finlandês até este quebrar, mas guiava com segurança na segunda colocação. Contou com a sorte, é verdade, mas não é o primeiro e nem será o último a vencer assim (aliás, falando em sorte, só me vem a mente aquela corrida de Barcelona 2001) definitivamente é um piloto mais maduro.

    O que oTrulli fez hoje foi espetacular! Merece permanecer na categoria. Muito boa a evolução da Toyota.

    E você está certo Bauer, o Kovalainen mostrou seu valor hoje. Muito mais seguro que o Hamilton, corrida inteligente e precisa.

    E Kubica mostrou mais uma vez que é um piloto de ponta. Extraiu todo o possível de uma BMW que não se encontrou em Magny-Cours.

    Quando vi o Piquet (belíssima prova) passando na frente do Alonso, pensei o mesmo: ele assinou com o Briatore… agora que tirou o peso dos ombros, tem tudo pra ir bem no resto da temporada.

    Por fim, faltou a chuva sim, mas até que foi uma corrida bem movimentada, contando inclusive com ultrapassagens, algo raro na categoria.

  8. É, Kimi voltou mesmo com sua maré de azar. Não lembro de ter visto um carro quebrar o escapamento como aconteceu hoje, mas automobilismo é isso, sorte de uns, azar de outros

    Apesar disso, a vitória do Felipe foi também merecida, foi o mais rápido nos treinos livres e na corrida foi consistente e não cometeu erros.

    Nelsinho, assim como Trulli, merece elogios, fez uma ótima corrida, e aquela ultrapassagem sobre o Alonso foi a cereja do bolo

    Galvão, mais uma vez, mostrou sua genialidade, dizendo que a Renault inventou aquela „barbatana“ da tampa do motor, sendo que a Red Bull já a usava bem antes

    E foi mesmo uma pena a chuva não ter apertado no final, mas a corrida foi bacana, algo raríssimo de se acontecer na França

  9. Aliás, é bom lembrar que essa foi a primeira vitória do Felipe na base da sorte, sem largar em primeiro ou dominar a prova a partir da primeira curva

  10. Não acho que o Massa se perdeu por estar atrás. O Rakkonnen é que estava muito mais rápido e o Felipe se contentou em guiar atrás. Deu sorte, como todo piloto já deu na vida – até mesmo o Raikkonnen no ano passado (as bobagens de Hamilton e batida do Alonso no Japão, praticamente lhe deram o campeonato). A questão é ter competência para aproveitar as chances que a sorte nos dá.

    Massa foi bem – andou na dele e não cometeu erros. Raikkonnen foi muito bem – afinal andou sob condições muito desfavoráveis e ainda conseguiu manter a segunda colocação bem confortável.
    Trulli foi espetacular. A Toyota mostra claros sinais de melhoria. Espero que continue assim e tenhamos mais carros disputando posições.
    Piquet excelente.

  11. MÁRIO:

    acho muito injusta sua colocação depreciativa com os equipamentos italianos. E fico à vontade para falar disso (como descendente que sou de alemães e italianos, não vejo a coisa por esse prisma).

    Gostaria de saber se quando os motores Mercedes ganhavam troféus de LANÇAMENTO DE BIELAS blogs afora (lembra das temporadas 99,00,01 e – até 05 do Raikkonen?) , e que os alemães sempre diziam ter ocorrido „PANES HIDRÁULICAS“, você também lhes dava a comenda „made in Germany“.

    Aposto que não.

    Vejo que temos nesse blog gente que faz análise, mas infelizmente, temos também os torcedores do Kimi e Heikki, que distorcendo os fatos, se igualam aos torcedor do Massa que acreditam na Globo.

    Torcedor, aqui ou na China, é tudo igual.

  12. Tadeu, neste final de semana o Reginaldo Leme superou o Galvão ao afirmar, no sábado, que o Mario Andretti, „apesar do nome“, era norte-americano „nascido em Nazareth“, e o único a ter tido sucesso na Fórmula!
    Sempre pensei que ele tinha nascido em Montona, Itália, sendo naturalizado norte-americano. Também pensava que o Phil Hill (campeão da F-1 em 1961) e o Peter Revson (que venceu 2 GPs), por exemplo, fossem norte-americanos… É a vida: vivendo e aprendendo…
    F-1 na Globo também é cultura!!!
    Abs.

  13. Esqueceu também do lendário Dan Gurney que inventou os „Gurneys“ aquela aletinha em pé que é considerada a unica invenção que foi inventada antes na F1 para depois ser adotada na F1. Sem pensar muito eu já ia citar o George Follmer e o Danny Sullivan que não foram propriamente ruins, mas aí já é querer demais…

    PERGUNTA que não quer calar.
    Mario se não for pedir demais eu gostaria de saber qual o seu diagnóstico a respeito dos F1 sem o tal controle de tração.
    Se falava muito da diferença que ia fazer. Nas primeiras corridas os carros estavam nervosos. Mas aí em Magny-Cours parece que não fez mais diferença. Até a Renault estava suave. Teve uma on board mostrando o Massa lá pela final da corrida e ele parecia estar passeando só tocando os botãozinhos na maior tranquilidade.

  14. Ops „Gurneys“ „antes na F1 para depois serem adotadas na Aeronáutica“. Desculpem a nossa falha.

  15. Obrigado, Brar, sempre preciso em seus comentários. Realmente havia esquecido do Gurney, que teve quatro vitórias na F-1 e que, comenta-se, segundo o pai de Jim Clark, foi o único piloto a quem Jim realmente temeu nas pistas.
    Abs

  16. É Ivan, eu ouvi ele falando isso, mas a maior besteira que o Galvão fez sábado foi dizer que „Nigel Mansell foi campeão na Indy porque os pilotos eram muito ruins“. Será que ele se esqueceu que o Mansell correu contra caras como Emerson Fittipaldi e Al Unser Jr.? Ou esses dois são muito ruins na opinião dele? Sinceramente viu…

  17. Acho que “ o cara “ da corrida , pelo equipamento que tem foi o Jarno Trulli . Boa corrida do Heikki , e péssima corrida do Hamilton. Antes de começar a corrida comentei com meu tio : “ O Hamilton vai fazer m……… pode ter certeza “ e fez , como faz todas as vezes que larga no meio do grid , o inglês fica afoito .
    O Nelsinho foi muito bem hoje , grande corrida segurando a Mclaren do Hamilton e do Heikki , a manobra que mais me impressionou foi a Ultrapassagem sobre o Timo , sendo que havia acabado de sair dos boxes e os pneus ainda não estavam devidamente aquecidos. Por fim , Piquet largou em 9 e chegou em 7 , seu Alonso de 3 caiu para 8 , nesse paralelo dá para notar o excelente desempenho do brasileiro.
    Até Silverstone

  18. Alexandre pq tu não pede nacionalidade italiana e vai chorar em Maranello.

    Alias a primeira dama tb se naturalizou. Quem sabe lula depois desse escandalo da Varig renuncia e vai andar de lambreta em milão?

  19. Corridaça do Trulli e do Kovalainnen. O 5º lugar pro Kubica foi bem mais do q a BMW poderia conseguir.
    Massa não ganharia essa corrida se não fosse a pane no escapamento da Ferrari do Kimi. Contou com a sorte, coisa de corrida de carros.

  20. Sim, o Raikkonen era o mais rápido desta corrida, além de ser o detentor do maior número de voltas em GP este ano. Entretanto, não vi nenhuma evolução do finlandês em relação ao campeonato passado. Apesar de ter feito a pole na França, até agora Kimi continua sendo lento aos sábados. Sendo assim, considero que o atual campeão está apenas atendendo as expectativas.

    Massa e Kubica até agora são os pilotos que mostram maior evolução este ano, como pode ser visto na pontuação do campeonato. Ambos têm apresentado mais consistência em corridas. Então, considero que os dois estão superando as expectativas este ano.

    Kovalainen e Piquet Jr. se salvaram das críticas por pelo menos 2 semanas. Entretanto, como diz o Mario: „Mas até quando….?“. Seus companheiros de equipe continuam sendo mais velozes, apesar de não passarem por boa fase psicológica. Heikki e Nelsinho não estão atendendo as expectativas este ano.

    Com relação às críticas ao equipamento da Ferrari, se estou bem lembrado, este foi o 1o. GP de 2008 que Raikkonen teve problemas de confiabilidade mecânica. Não é muito cedo para cravar „Made in Italy“ em tom pejorativo?

    Portanto, interpreto que: (1) os seus elogios, Mario, a Heikki e Nelsinho; (2) a crítica ao equipamento Ferrari e (3) a mensagem que você passa na fotografia que abre o post, se referem estritamente a este GP, e não ao campeonato. Sinceramente, não era esta a minha expectativa ao acessar este blog de conteúdo riquíssimo.

    Por último: criticar a transmissão da Globo não é mais notícia. Quem não gosta, por que não assiste pela Internet?

  21. Alexandre „G“, qual o problema de aparecer aqui com o seu nome completo, como todo homem de valor faz por aqui…?

    Sabe, comentários como este seu só revela que você não acompanha este blog, não sabe das minhas posições e não tomou conhecimento de certas ocorrências no passado. Senão você mesmo se pouparia do vexame de um „outing“ feito este perante os que frequentam este blog por interesses legítimos. Já que não dou a mínima pela Mercedes-Benz….! Mas isto você certamente já sabia…

    Em primeiro lugar sou consumidor. Comprei produtos da Alfa Romeo, Fiat, Lancia, até mesmo uma Ferrari Mondial 3.2 já esteve entre meus pertences no passado. Tive até a péssima idéia a certo ponto de comprar algo da Olivetti. Juro que não repetiria a dose…

    Então, meu caro, contrário a sua pessoa, posso fazer afirmações na base de experiências próprias: Se há algo pior que a qualidade da indústria italiana, só se for fabricado no Paraguay… ou no Brasil. Valeu?

    Mesmo vale para o Rafael Cabral: Expor um post destes só lhe causará vergonha. Pois passará por mal-informado. Já avisei na pré-temporada que a italianda irá aprontar um „casino“ sem a liderança fria e sistemática de norte-europeus. Até leitores deste blog relembraram este fato por aqui recentemente. E é o que comentei após Montreal. Estava aonde na época, meu caro…?

    E por final, meu amigo, internet no Brasil é pior que se comunicar por batucada de tambor, sinais de fumaça ou via pombo postal. E assim que estiver longe da „Tupiniquimlândia“, pode crer que certamente não vou mais perder meu tempo assisitindo/escutando o que seja proveniente de terceiro mundo.

  22. Mario, é possível configurar no WordPress para que o primeiro comentário de uma pessoa fique retido, e após a aprovação, os demais sejam liberados automaticamente.

    Isso previne que um idiota não tenha seus posts publicados, e que um comentador confiável possa publicar de forma mais rápida, sem ter que esperar pela sua intervenção.

    Já que você sofre tanto o assédio desses caras aqui, talvez fosse o caso de você usar esse recurso. Abração.

  23. Certo, então se os carros italianos são ruins e os tedescos só que são bons, gostaria de esquecer que Kimi tentou quatro vezes com a estrela de 3 pontas e só foi campeão (de cara) quando sentou no carro dos cavalinhos….

    Além dos 5 títulos de Schumacher…

    Ora, Mario, temos que analisar a coisa com isenção. É claro que um BMW é melhor que um FIAT 147, mas isso não tem a menor relação com monopostos de corrida.

    É puro preconceito dizer que os italianos são piores etc.

    Não estamos falando de carros de rua (onde os alemàes são superiores a quase todos os outros) e sim de carros de corrida. E nesse quesito, os alemães não são superiores aos italianos.

    Sobre meu nome, acho que você foi um tanto deselegante, porque uso meu primeiro nome, e acho que a primeira letra já deixa do segundo já deixa uma distinção. Não acho que isso seja demérito, até porque digito para o seu site meu email e neste você tem acesso ao meu nome completo.

    Na verdade, Mario, o que observo é que você costuma partir para ataques pessoais quando lhe é colocada alguma incoerência (que pode até ser injusta), não redarguindo os argumentos com outros, e sim, sempre invocando depoimentos pessoais.

    Depoimentos pessoais não são meios legítimos de se debater, porque não podem ser contestados, além de consistirem em verdadeira „apelação“.

    Ainda assim, acho que seu blog tem idéias excelentes e você nos brinda com muitas informações boas, oriundas de sua vivência aí no exterior e de suas fontes.

    No entanto, noto certo certo descontrole emocional de sua parte quando é contrariado, o que é uma grande bobagem, porque é fato incontroverso aqui que você é quem mais tem conhecimento sobre automobilismo entre os participantes deste blog (claro que me incluo neste rol).

    Daí tantos gostarem (me incluo) de visitar este espaço.

  24. Mário, ignore esses babacas que vêm aqui só para encher o saco, quanto mais atenção você der a eles, mais eles vão atormentá-lo. Já fui moderador de um fórum bem movimentado e esses baderneiros se comportavam da mesma forma. Comece a ignorá-los que aos poucos eles vão sumindo. Não gostou de um comentário? Simplesmente de delete-o, sem perder tempo respondendo… esses caras só querem aparecer

  25. grandprixinsider: Já avisei na pré-temporada que a italianda irá aprontar um “casino” sem a liderança fria e sistemática de norte-europeus. Até leitores deste blog relembraram este fato por aqui recentemente. E é o que comentei após Montreal. Estava aonde na época, meu caro…?

    Foi ainda na temporada passada que voce avisou (salvo engano)

    E lembro que comentei de acordo (e alguns pegaram no seu pe) pois conheço italianos, e quem os conhece sabe como são, tanto que depois mesmo comentei novamente sobre o assunto

    E voce não falou errado sobre isso, afinal embora a Scuderia esteja vencendo, ainda assim tem cometido erros (Australia ’07, cambio desprogramado, Monza ’07 amrtecdor travado, Fuji ’07 quando desrespeitou a regra dos pneus de chuva, e mais recentemente Monaco e Canada) que não eram cometidos desde a época ridicula de 1986-1995, quando Schumi ainda não havia aportado por lá com seus „não latinos“

  26. Não foi ’noticiado‘ aqui nada a respeito da transmissão de TV, foi sim comentado por leitores do blog, como já anteriormente, e como acontece desde sempre em todo e qualquer blog que acompanha a F1.
    Novidades por aqui aparecem sim pela óbvia razão do grande conhecimento do dono do blog e de seu contato atualizado com o ambiente da F1.

    Não assisto pela internet porque não tenho banda larga no momento, e, mesmo se tivesse, sentiria falta de tela grande com definição melhor que a de tela de computador. Além do que, nada me garante que o fluxo da conexão seja confiável como o da TV; todos aqui sabem da qualidade do serviço dos provedores no Brasil.
    Gostaria muito mais que as emissoras tratassem de subir o nível dos locutores e comentaristas para esse esporte altamente especializado e singularmente diferente de esportes com bola.
    Acabo de assistir a reprise do GP no canal pago e o comentarista, após finalmente notar que tinha uma peça solta na Ferrari do finlandês, torpedeou os espectadores com „é aquele reservatório de óleo do amortecedor“ (!??!). Cruz credo.
    Amanhã mesmo esse comentarista talvez esteja comentando sobre partidas de futebol do fim de semana, por necessidade profissional, eu presumo, mas realmente não aceito ter que acompanhar meu esporte favorito através de especialistas incompetentes e mal informados, para não mencionar os babacas histriônicos e patrióticos da transmissão ao vivo.

    do Amaral

  27. Mário, não vale a pena desperdiçar seu tempo com esse tal de Thiago. Conheço a peça aqui de Campinas, é um fracassado em todos os sentidos. Tá desempregado faz mais de um ano, vivendo as custas dos pais, até o blog dele foi um fracasso.

    Interessante talvez seja a motivação da provocação: Esse e um tal de Lauro são amiguinhos do Fábio Seixas. Aparecem toda hora no blog dele pra puxar saco. Entendeu agora daonde vem a encrenca?

  28. Frase de Alexandre Gossn: „é fato incontroverso aqui que você é quem mais tem conhecimento sobre automobilismo entre os participantes deste blog (claro que me incluo neste rol).“

    Isto do participante, que desde o seu primeiro comentário postado aqui só vem me contrariando. Você esta confundido o que você considera como „descontrole emocional“ como o legítimo „estou de saco CHEIO“ que sinto cada vez mais, cada dia que passa !

    Então EU é que fui deselegante, certo? Interessante esta colocação sua após mais uma baderna típicamente brasileira que aconteceu por aqui hoje na versão tupiniquem deste blog. O que, alías, me leva seriamente a ponderar de fechar este espaço de vez para comentários.

    Quem sabe você frequentando a versão inglesa ou alemã me encontrará bem mais elegante. Pois isto tem a ver com o nível que o público impõe…

  29. E o cara nao entedendeu que o „made in italy“ diz respeito ao corpo técnico da equipe…enfim, tai a prova de analfabetismo funcional brasileiro.

    Pois é, Raul, aqui ainda tem gente que acha (e às vezes consegue) posiçao atraves do puxa-saquismo…E é incrivel como nos blogs fica clara a dessa mania nacional de achar que sabe de tudo que acontece e que para demonstrar isso as pessoas soltam declaraçoes agressivas, ofensivas, coisas que passam do razoàvel.

    Talvez seja normal num paìs onde até um senador da republica disse que ia dar uma surra no presidente…

  30. Olá Mario!

    Só para garantir (caso voce decida fechar este blog… rs)

    Poderia passar o link para a versão do blog em ingles? Infelizmente não sei falar alemão… mas ingles me garanto… rsrsrs

    Abraços!

    Celso

  31. Marcus, desculpe em demorar a responder. Conheço e uso o recurso de forma bem aprimorada.

    A falha de ter dado ao pentelho a chance postar as asneiras dele aqui à vontade foi minha. Pois não me dei o trabalho de apagar antigos posts do mala.

    O Akismet por vezes entende estes antigos posts como uma autorização prévia. Na maioria das vezes vai para o spam, mas por vezes passa batido.

    Eis a dica para quem mais estiver usando WordPress: Por via das dúvidas apague TODOS os comentários de quem você bloqueia e pronto, resolveu-se o desagrado, o infantilóide acaba por final conversando com a tua caixa de spam.

    Mas valeu pela força, Marcus

    E Celso: É só cliquar em „English Version“ na página inicial.

  32. O que eu achei estranho foi o Charlie Whiting, que é sempre tão apologista com as questões de segurança, permitir que o Kimi andasse 35 voltas com algo „pendurado“ no Ferrari. Havia o risco daquele „apendice“ voar para trás atingindo outro carro ou piloto, ou voar para cima e para o lado, como aconteceu, e atingir um comissário de pista ou um espectador. Felizmente não aconteceu, mas parece-me uma continuação de um certo „proteccionismo“ que a Ferrari sempre pareceu beneficiar por parte da FIA. Já o „F1 Darling“ este ano não pode por o pé em ramo verde que leva logo por tabela (justamente, verdade seja dita) mas se fosse um Ferrari duvido que a análise fosse a mesma (se bem que o mesmo Hamilton em Monza 2007 tivesse tido um tratamento diferente do de agora).

  33. Wellington, eu acho que você errou no termo.

    Para conviver com todo tipo de vigarice, malandragem, carice-de-pau, falta de vergonha na cara e outros tipos de caraterísticas que a sociedade brasileira desenvolveu, tem que ser é… conivente !

    E eu reconheço que não tenho talento para tal.

  34. Mário,

    Estou com o José Carlos. Eu não li em nenhum veículo de imprensa no Brasil a BIAS da FIA no caso do escapamento da Ferrari. O Kimi rodou, e rodou por várias voltas avariado, com escapamento voando para o alto (a transmissão mostrou!), perigando atingir um outro piloto e pior, o público e ninguém diz UMA PALAVRA sobre o caso.

    No Mínimo o Kimi deveria ter sido mandado, pela FIA (Ferrari International Assistance), sob uma bandeira PRETA E LARANJA aos boxes consertar imediatamente o problema.

    A penalização do Hámilton saiu em minutos. O Kovalainen fez de tudo para evitar atrapalhar outro piloto, mas tome penalty! O Trulli jogou o Heikky para fora da pista e NADA. A FIA não faz NADA contra os carrinhos rossos. Até quando a gente vai ver esse tipo de leniência com esses caras vestidos de vermelho?

    Quando a parada é contra a McLaren os caras usam o livrinho de regras escrito pelo Max com um zelo que dá gosto de ver, mas quando a coisa e contra a Ferrari eles simplesmente esquecem que existe o tal livro.

    Aliás, todo mundo esqueceu, né, inclusive o Gagá (tem o Popó e Cacá, então…) Bueno, o maior inimigo que o Hamilton poderia ter na face da terra.

    Abração!

  35. Isso é verdade, essa bajulaçao com a ferrari irrita demais.

    Mas discordo quanto trulli e kova, senao o hamilton teria q tomar outro penalty pelo toto no alonso. hehehe

    Voces viram a questao sobre a F2 e GP2? o mosley começando a dar o troco…

  36. Caio,

    Não assista a corrida confiando no que o Galvão Bueno diz, ele adora distorcer a realidade para fazer a opinião dele prevalecer. O Alonso errou naquele ponto da pista, que é impossível de se ultrapassar. Ele tentou voltar e por isso o toque aconteceu já que o Hamilton que aproveitou a chance.

    Alías, em outros BLOGs a reclamação é geral contra o Galvão. Há muita gente achando que ele passou dos limites na França.

    Abração!

  37. Uma pergunta Mario,

    Você é obrigado a manter um blog por aqui? Lendo os comentários seus, não parece que você o faz por vontade própria.

    Nada contra, nem a favor.

    Só uma curiosidade.

  38. caro Fernando Soethe,
    sei, claro, que a pergunta foi dirigida ao Mario, mas vou me meter porque gosto do blog, e óbviamente detestaria se fosse desativado.

    tem mais gente que também curte este blog, me parece em número bastante para que seja mantido.

    só posso falar, claro, da minha vontade, e, na verdade, gosto particularmente mais, bem mais, dos posts que não se referem à F1 atual.

    aliás, quanto mais antigo melhor.
    por exemplo, acho uma pena que a época pré-segunda guerra dos grands prix não seja incluída, por não ser exatamente F1 (eram corridas de grand prix, mas não havia nem campeonato mundial, nem a categoria fórmula 1 – mas já tinha um monte de pilotos e carros sensacionais).

    Fernando Amaral

  39. Caro Becken e na ultima temporada?
    Por quantas vezes o Hamilton deixou de ser punido?
    E por qual escuderia ele corria?

    O unico caso em que a FIA aliviou para a Ferrari foi no incidente entre o Kimi e o Sutil, na minha opinião…

    Lembro tambem de um episodio em monaco em que o Schumacher foi punido, e ele corria no carro vermelho…

    As vezes a FIA realmente parece parcial, mas parcial para todos, o que a torna de certa maneira imparcial heheeh
    abraçosss

  40. Becken, eu assisti a corrida pela TF1, aqui na França, e tive essa sensaçao, mas posso nao ter percebido direito o Alonso tentando voltar.

    Concordo que as transmissoes do Galvao, em determinados pontos, é intragavel, ele confunde demais as coisas, é chauvinista e sim, seca demais o Hamilton chegando a ser constrangedor. sei la se ele assumiu as comparaçoes com o Senna que os ingleses fizeram e ficou com medo do garoto realmente arrebentar. E como se isso diminuisse o brasileiro…

    A Ferrari sempre é protegida, mas concordo com o Diego que ano passado a FIA passou batida diversas vezes para punir o Hamilton, como largada com carro atravessado, exagerar no aquecimento dos penus na japao…(mas paremos de falar de Hamilton, senao o blog do mario pode padecer do mesmo problema do blog do livio e acho que a ultima coisa que queremos é essa discussao estéril sobre o ingl^es e o espanhol aqui).

  41. Olá Diego e Caio

    Eu acho que vcs levantaram uma questão interessante.

    No ano passado, como vcs bem lembraram, o Hamilton esteve envolvido em alguns incidentes, mas de todos eles, o único pelo qual ele poderia ser realmente punido seria por ter atrapalhado o Kimi em uma volta lançada no Brasil. No Japão e em Monza as questões eram por demais subjetivas para a interpretação dos fiscais. A largada em Monza com o carro ligeiramente “atravessado” eu já vi várias vezes na Formula 1 e também na GP2.

    Para mim o detalhe nesse momento é o seguinte. Max Mosley nomeou no inicio desse ano um sujeito chamado Alan Donelly para auxiliar Charly Whaiting em decisões de pista que demandem rapidez. Para saber quem é o sujeito leiam esse trecho de uma entrevista dele:

    „Q.: What’s your official involvement with Max Mosley (President, Federation Internationale De l’Automobile), and how’s life at the centre of F1 politics?

    I’m the official representative for Max to Formula One. I go to a lot of the grands prix, and basically my job is to brief Max on the politics in the paddock, and, as I say, that’s probably more political than most national parliaments. I also advise him on the politics in the host country and how that affects the races.”

    ……………………………………………………………………………………….

    Eu realmente não sei como esse sujeito pode estar julgando questões referentes a decisões de pista. Além de não ter experiência ele é claramente um pau mandado de Max Mosley, sabidamente um inimigo feroz de Ron Dennis.

    Eu jamais diria ou disse que Lewis Hamilton não mereceu tomar os penaltys que ele tomou. Ele mereceu! O que qualquer um que não torce para a Ferrari deseja é que Max, Donelli e a FIA use o livrinho de regras, aliás muito mal escrito, com o mesmo esmero que se usa com a McLaren.

    By the way, existe uma bandeira específica, preta e laranja, que o Kimi já havia tomado em Mônaco depois do acidente com o Sutil, que deve ser mostrada para um carro se ele tiver uma avaria que ponha em risco os outros pilotos.

    Abração para vocês!

  42. Respondendo ao Fernando Soethe:

    Fazer esta pergunta é perfeitamente justificado, Fernando.

    E a resposta é simples: Criei este espaço com um só objetivo em mente: Demonstrar – mais uma vez – que com planejamento, dedicação, competência e amor pelo que se faz, consegue-se SEMPRE um resultado acima da média.

    Ou seja, era um palco para ilustrar a minha competência profissional.

    Traço os meus objetivos com metas, isto inclui prazos, e quando a meta é alcançada, tomo uma decisão sobre o próximo passo. É este o processo que você está observando.

    E como estou me desvinculando do Brasil, tanto como cidadão, como em termos profissionais, creio que a conseqüência é óbvia.

  43. Bauer, nao termine com o GPInsider em português! é u m oasis onde encontramos noticias dadas com argumentos que a embasam, não somente declaraçoes de release.

    Becken,

    Não conhecia esse cara. O Max trabalhou bem pra nao ser simplesmente o pau-mandado do Bernie. E realmente é um saco a proteçao que a ferrari recebe.

    Andei pensando, mas talvez nao tenha nada a ver…Lembrei que em 82 o bernie queria criar uma especie de lei do passe na F-1 e os pilotos fizeram greve e impediram…Agora o cara virou o dono da F-1, e, por causa de contrato, nenhum piloto pode participar de corridas de outra categoria (bem, vi essa informaçao no GPTotal). No fundo, o cara conseguiu um pouco do que queria…Gostaria de saber até onde vao as linhas de um contrato de direito de imagem entre o piloto e a FOM.

  44. Olá pessoal:

    – concordo que o Kimi deveria ter recebido (não por culpa dele, é claro e sim da equipe) uma ordem do diretor de provas para parar ou (consertar) o bólido avariado, pois existia risco (fora do comum, pelo velocidade e temperatura da peça) a ele e aos demais pilotos;

    – discordo que o Kimi devesse ser punido pela batida no Sutil em Mônaco, pois aquilo – embora tenha sido um erro – foi em condições extremamente adversas.

    – concordo com as punições ao Hamilton, porque no Canadá, errou de forma primária (parecia batida de carrinho de supermercado) e na França, porque claramente levou vantagem sobre o Vettel na manobra açodada. Aliás, o Burti – que também anda meio distraído e „galvanizado“ percebeu na hora e disse que o britânico deveria devolver a posição;

    – concordo que o Galvão passa da conta nas transmissões, torcendo descaradamente, falando bobagens, estraçalhando o passado, distorcendo fatos e principalmente, chamando a Williams de BMW e a BMW de Williams, além de falar de pilotos que sequer mais correm… parece esclerose… isso sem falar quando ele conseguiu chamar a Williams de Brabham e depois disse que não, que o carro parecia a Brabham pilotada por um piloto que nunca tinha sentado no carro e ainda errou o nome do piloto da Williams atual….

    – como disse certa feita o Piquet Pai, faz falta no Brasil o jornalista especializado. Aqui, o cara é locutor …. e faz locução de tudo (volei, basquete, futebol, criquet, tenis e automobilismos).

    saudações

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s