Sábado,


21 de junho –
Quem são estes dois? Que corrida é esta? Qual o circuito? qual o ano?

*

John Cannon 21/6/1937, John Cannon nasce em Londres, Reino Unido.

Mesmo nascido em Londres, Inglaterra, John Cannon era canadense com orgulho. A corrida mais memorável de sua carreira aconteceu na etapa da CanAm de 13 de outubro de 1968 em Laguna Seca. Do 15º lugar no grid Cannon passou sob um dilúvio todo mundo e colocou uma volta no grid inteiro. Inclusive o 2º colocado Denny Hulme e o Bruce McLaren em 5a posição. Em 1970 sagrou-se campeão da SCCA Formula A ao volante de uma McLaren M10B, e ganhou uma proposta de Cannon de dirigir a BRM P153 de Louis Stanley no GP dos EUA de 1971. E ainda participou do Questor-GP em Ontário, Canadá, uma corrida extra-campeonato de F1 contra F5000, ao volante de um nada competitivo March 701. Ele continuou na F5000 (vice em 1976) com participações ocasionais nas categorias USAC e CanAm. Cannon morreu em um acidente aéreo, uma aterrisagem forçada em meio a uma plantação de milho no Novo México, devido a uma pane técnica.

Nasceu: 21 de junho de 1937 em Londres, Reino Unido;
Faleceu: 18 de outubro de 1999 em Quemado, EUA, aos 62 anos.

*

21/6/1970, morre Piers Raymond Courage.

Piers Courage veio de uma dinastia famosa na Grã-Bretanha por sua cervejaria (de mesmo nome que o da família), era um apaixonado e um competente piloto nas Fórmulas 3 e 2 durante os anos 60, antes de estrear na Fórmula 1 com uma Lotus 25 de Reg Parnell no Grand Prix da África do Sul de 1967, e brevemente competiu noutros Grands Prix para a BRM. Em 1969 Courage assombrou o establishment da F1 com segundos lugares nos Grands Prix de Mônaco e dos Estados Unidos, pilotando uma Brabham BT26 particular da equipe de Frank Williams. Piers juntou uma turma de malucos por carros à sua volta, onde a competição tinha um caráter informal, aleatório e perigoso mas também de incrível diversão, e seu dom para inspirar camaradagem era legendário. Isso explica porque declinou de um convite para correr com Ferrari para 1970 e preferiu permanecer com Frank Williams, que iria dirigir a operação de Alejandro de Tomaso na F1. E começaram bem, com Courage terminando em terceiro no International Trophy. Ele corria num sólido sétimo lugar no Grand Prix da Holanda quando sofreu um acidente fatal, em Zandvoort.

Nasceu: 27 de maio de 1942 em Colchester, Reino Unido.
Faleceu: 21 de junho de 1970 no circuito de Zandvoort, Países Baixos, aos 28 anos.

Advertisements

9 Gedanken zu “Sábado,

  1. Sendo assim, peço ajuda aos universitários, rsrs.
    Mas vou chutar: Gran Premio della Lotteria di Monza, 1969, Fórmula 2, porque ambos parecem estar pilotando o Tecno 68, apesar da diferença nos santantônios.

  2. O Ivan e o Brar estão muito bem apesar dos inconfundíveis capacetes do francês e do sueco. Qto. à formula poderia ser f-3?? Onde?? Em frança?? Talvez, pela vegetação…Inglaterra?? Tá muito difícl prá mim…

  3. Tecno F2 campeonato 1969 vamos com Ivan… mas o descampado estilo terreno campestre no meio do nada não é Monza! deve ser França como disse o Kesnault.

    Pelo fim de semana e conhecendo o humor do Mario Bauer aposto que é Magny-Cours (antes de ser o que é hoje claro). Galvão deu a dica que o circuito fica no meio do nada não tem hotel ….

  4. Putz, fui pesquisar e tudo que consegui foram mais dúvidas.
    Vou dar um palpite diferente: não consigo distinguir se são F2 ou F3, mas meu palpite é uma corrida de F3 em 14 de julho (data nacional francesa) de 1969, em Magny Cours – que era bem diferente do que é hoje.
    Os carros são Tecno, mas o piloto francês à frente seria François Mazet, que venceu seguido por Peterson.

    Se for F2 teria outro palpite de pista, mas deixo pra lá e fico com a F3.

  5. Sim, é Francois Cevért e Ronnie Peterson algures em França. SE não for em Magny-Cours, apostaria em Reims, porque Rouen, tenho dúvidas, e Charade, definitivamente não é.

  6. Pois é, era só imaginar alguns muros, cartazes de propaganda ….. e é o cenário do GP deste fim de semana: Magny Cours.

    É uma corrida de Formula 3 em 1968 com o François Cevert, que depois venceria o campeonato francês, à frente do Ronnie Peterson, que veio visitar a francesaiada no campeonato deles.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s