Há 20 anos: Senna vence no Canadá

Após 4 corridas Alain Prost assumiu o controle das coisas, havia vencido no Brasil, Mônaco e no México. Enquanto o francês chegava em Montreal com o ar de quem tinha que preservar seus pontos de liderança, Ayrton Senna tinha a clara missão de acabar com a seqüência de vitórias do seu companheiro de equipe.


Após a ausência no calendário de 1987, o circuito de Ile de Notre Dame voltava com um novo complexo de pit no fim da pista e algumas modificações em algumas curvas. A qualificação foi marcada por outro enorme acidente, desta vez foi Derek Warwick, na Arrows-Megatron. Ele bateu, mas saiu ileso dessa vez.

Como de costume, Ayrton Senna foi o pole com a sua McLaren-Honda, a frente do seu companheiro de equipe Alain Prost. Gerard Berger na Ferrari estava em terceiro, um segundo atrás de Senna. A segunda Ferrari, de Michele Alboreto estava na quarta posição. Sandro Nannini e sua Benetton estavam em quinto, na frente de Nelson Piquet e sua Lotus. A quarta fila era composta por Thierry Boutsen (Benetton) e Eddie Cheever (Arrows-BMW). O top 10 era fechado por Niguel Mansell na Willians-Judd e Philippe Streiff (AGS).

Prost fez a melhor largada e assumiu a ponta. Senna permaneceu em segundo, a frente de Berger, Alboreto e as duas Benettons. Demorou 19 voltas para Senna assumir a primeira colocação, lugar em que terminou a corrida. Enquanto isso Thierry Boutsen em excelente trabalho conseguiu ultrapassar as duas Ferraris. Tanto Berger quanto Alboreto abandonaram a corrida com problemas mecânicos e com isso Nannini, que também enfrentou problemas técnicos, deixou o quarto lugar para Piquet e Ivan Capelli foi quinto com a sua March e Jonathan Palmer o sexto com a sua Tyrrell.

POS DRIVER / ENTRANT LAPS TIME/RETIREMENT

1 Ayrton Senna, McLaren-Honda 69 1h39m46.618s
2 Alain Prost, McLaren-Honda 69 1h39m52.552s
3 Thierry Boutsen, Benetton-Cosworth 69 1h40m38.027s
4 Nelson Piquet , Lotus-Honda 68
5 Ivan Capelli, March-Judd 68
6 Jonathan Palmer, Tyrrell-Cosworth 67
7 Derek Warwick, Arrows-Megatron 67

Advertisements

Ein Gedanke zu “Há 20 anos: Senna vence no Canadá

  1. Que a Lotus negra é bela ninguém nega, mas a McLaren-Honda também era magnífica. Uma pena ser proibido a venda de réplicas com a marca da Marlboro, descaracteriza o carro.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s