Domingo,

1º de junho – A imagem acima não tem nada a ver com a data. Mas você sabe de quem se trata? Onde é? Quando foi? E… que raios….????

*

1/6/1959, Martin John Brundle nasce em King’s Lynn na Inglaterra.

O opositor mais feroz de Ayrton Senna na Fórmula 3 Britânica, Martin Brundle passou suas três primeiras temporadas na Fórmula 1 sob a tutela de Ken Tyrell de 1984 em diante, seguido por uma temporada difícil na equipe alemã Zakspeed em 1987. Mas ao mesmo tempo ele era um piloto numero um da TWR-Jaguar no Campeonato Mundial de Marcas e decidiu deixar a Fórmula 1 para vencer o Campeonato do Grupo C do Mundial de Marcas de 1988. Um programa de teste para a equipe Williams e uma substituição de um Mansell indisposto no GP de Spa completaram um ano exaustivo.

Dois anos com a equipe Brabham F1 em 1989 e 1991, divididos por uma temporada com a Jaguar, tiveram sucesso limitado. O destaque foi vitória nas 24 Horas de Le Mans de 1990. Martin também fez história ao terminar em 1º e 2º na mesma corrida em Monza em 1991, pilotando os dois impressionantes carros Jaguar XJR 14 durante uma corrida só. A temporada de 1992 foi a mais bem-sucedida de Martin na Fórmula 1 ao lado de Michael Schumacher na equipe Benetton Ford, pontuando em 11 das 12 corridas finais, incluindo cinco pódios.

Duas temporadas com a Ligier em 1993 e 1995 foram divididas por uma temporada com a McLaren em 1994, conquistando um segundo lugar em Mônaco, igualando seu melhor resultado na carreira que foi no GP da Itália de 1992. Depois de uma temporada de despedida com a Jordan em 1996 ele se tornou comentarista de TV ao lado do lendário Murray Walker, participando apenas ocasionalmente das 24 Horas de Le Mans. Competente ao microfone, mas muito arrogante sem ele, Brundle tornou-se cada vez mais o centro das polêmicas. Além de sua rede de concessionárias ele também é parceiro de Mark Blundell na empresa de gerenciamento de pilotos MB2.

*

Eitel Cantoni 1/6/1997, morre Eitel Cantoni.

De Montevidéu no Uruguai, foi do contingente de sul-americanos que vieram para a Europa no final dos anos 40 e início dos anos 50.

Nasceu: 4 de Outubro de 1906 em Montevidéu, Uruguai;
Morreu: 1 de Junho 1997 em Montevidéu, Uruguai, aos 90 anos.

*

Jo Gartner, 1986 1/6/1986, morre Josef Gartner.

Jo Gartner tinha talento, mas lhe faltavam os recursos para chegar com facilidade onde merecia chegar. Assim sendo a vitória no GP de Pau de Formula 2 de 1983, considerando o equipamento que tinha em mãos, era um triunfo de altíssimo valor moral. Graças à sua determinação o austríaco acabou chegando à Formula 1 juntando um orçamento para comprar a 2ª vaga na Osella em 1984 a partir do GP de San Marino. Novamente se viu na situação de ter que fazer um milagre para conseguir um resultado expressivo com o carro à disposição. Mesmo assim conquistou um sensacional 5º lugar no GP da Itália, mas não aparece nas estatísticas de pontuação porque a minúscula equipe italiana só havia inscrito um carro para a temporada e o carro de Jô corria ficou sem direito a pontuar no Mundial.

Sem recursos para 1985 e na falta de outra oferta, o austríaco aceitou correr no Mundial de Marcas com o Porsche particular da equipe de John Fitzpatrick e no ano seguinte aceitou oferta ainda melhor dos irmãos Kremer para o Mundial, além de correr nos EUA pela equipe de Bob Akin na IMSA. Mas apesar de não surgirem propostas decentes da F1, Jô continuava na convicção que um dia voltaria a ter uma chance na categoria máxima. Não sabemos se isto jamais iria acontecer, pois o destino tomou um rumo cruel. Estava entre os favoritos para as 24 horas de Le Mans de 1986 com a sua Kremer Porsche quando durante o seu turno durante a noite a Porsche 962 levantou vôo em plena reta Mulsanne e acabou se despedaçando entre as árvores à beira pista. Jo Gartner foi declarado morto no local.

Nasceu: 24 de janeiro de 1954 in Viena na Áustria.
Faleceu: 1º de junho de 1986 em Le Mans na França aos 32 anos.

*

guy-tunmer.jpg 1/6/1999, morre Percival Guy Tunmer.

Guy Tunmer era um piloto amador da África do Sul e foi companheiro de equipe de Eddie Keizan em 1975, ambos pilotando as Lotus 72E da equipe Gunston no campeonato sul-africano de F1. A equipe também inscreveu os pilotos no GP da África do Sul e o Tunmer deu um show passando pelo Keizan, pelo Ickx, que era piloto de fábrica da Lotus, e terminou em 11º lugar caçando a outra Lotus oficial do Ronnie Peterson.

Semanas depois Tunmer quase que teve a chance de largar no GP da Espanha com a Brabham BT44B de Bernie Ecclestone, quando a GPDA anunciou uma greve dos seus pilotos por causa da falta de segurança do traçado de Montjuich Park. Mas a grave foi desmantelada e Tunmer perdeu a chance da sua 2ª participação em um GP. Em julho ele pelo menos venceu uma corrida de F1 em sua terra natal com a boa e velha Lotus 72.

A temporada de 1976 começou bem, mas não continuou assim. Tunmer optou abandonar as pistas para concentrar-se me seu negócio de consultoria na indústria automobilística. Em 1999 sofreu um grave acidente de moto e faleceu em seguida devido a complicações.

Nasceu: 1º de dezembro de 1948 em Fisckburg na África do Sul.
Faleceu: 1º de junho de 1999 em Sandton (Gauteng) na África do Sul aos 50 anos.

Advertisements

12 Gedanken zu “Domingo,

  1. essa foto é digna do Zack…

    o monoposto é uma Lotus, não sei bem qual modelo, talvez o 18, ou o 21, a rua deve ser nos Estados Unidos, acho que na Califórnia ou Flórida (pelas palmeiras ao fundo), o que faz pensar na ocasião dos GPs de F1 disputados em Sebring (1959?) e em Riverside (1960?); do piloto não faço idéia.
    provavelmente indo da oficina para o autódromo, se é que não fizeram a maluquice de ir do aeroporto direto à pista. 🙂

    Amaral

  2. Sobre a foto.
    Bom, pesquisei um pouco: em 1959, o GP foi disputado em Sebring,na Flórida, e teve duas Lotus, uma para Innes Ireland, e outra para Alan Stacey – que viria a morrer numa Lotus 18 em Spa no ano seguinte.

    Em 1960, foi disputado em Riverside, Califórnia, onde havia 5 Lotus inscritas: uma particular (Rob Walker’s) para Moss, que venceu, três oficiais para Ireland, Clark e Surtees, e uma para Jim Hall (não sei qual equipe).

    Eu acho que o carro na foto – Lotus 18 – é da equipe oficial, verde escuro com rodas amarelas; a cidade eu palpito Los Angeles (parece haver umas montanhas no fundo), mas o piloto me lembra uma que já vi do Alan Stacey, o que faria ser na Flórida.

    Mas vou ficar com o palpite de ser o Innes Ireland em LA indo para Riverside, em 1960.
    Fernando

  3. Fernando é fera, hein? Acertou duas das três. Vai ter que caprichar no piloto… 🙂

    E Speeder: Vi sim. Que susto! Aliás, foi mais ou menos assim o acidente do Jo Gartner, que conheci em Hockenheim em 1982, só que o Porsche dele pulou para cima do guard-rail…

  4. Bem, então deve ser o Big John (John Surtees), que rodou logo no início da prova, em Riverside, 1960, prejudicando o outro piloto da Lotus, nada mais nada menos que um certo Jim Clark. É o que daria sentido à pergunta „E… que raios….????“. Por outro lado, nem Clark, nem Ireland, naquela época, tinham sinais de calvície. Ou seria o Stirling Moss, que venceu a prova???

  5. Matou. Ou mataram.

    É o John Surtees pilotando a sua Lotus 18 oficial da garagem, onde a equipe esava sediada, ao circuito de Riverside, onde aconteceu o GP dos EUA em 1960. Parabéns aos feras.

  6. Caro Mario Bauer

    Ainda sobre o acidente de Marc Gene… Tanto em seu acidente quanto em outros dois ocorridos, neste ano, em Monza – o de Stephane Ortelli e um outro, que aconteceu nos treinos e que pode ser visto pelo link http://www.youtube.com/watch?v=dnLBf6N3xPA, houve DECOLAGEM dos carros. O que acontece com os protótipos para que decolem tão fácil? Os carros dessa categoria são maravilhosos, mas pelas pancadas dadas, me impressino como ainda não tenha vencido, até agora, o contrato entre Deus e os pilotos acidentados… Loucura!

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s