Há 40 anos: 4ª vitória de Hill em Mônaco

O acidente fatal de Lorenzo Bandini no ano anterior instigou várias mudanças no circuito. As chicanes foram relocadas e a corrida foi diminuída em 20 voltas, caindo para 80 no total. A Ferrari se recusou a participar da corrida e isso foi amplamente creditado ao fato da Scuderia não concordar com as medidas de segurança no local. E assim Graham Hill, o vencedor de Jarama, era franco favorito para vencer pela quarta vez em Mônaco.


Ao lado de Graham Hill estreia Jack Oliver com a nova pintura vermelho e dourada da Gold Leaf Team Lotus e com o 49B apresentavam-se os primeiros esboços afim de melhorar a aerodinâmica com asas dianteiras e traseiras.

A BRM teve em seus planos correr com Chris Irwin para substituir Mike Spence, mas nos treinos livres para os 1000 Km de Nurburgring no final de semana anterior, Irwin capotou um Alan Mann Ford F3L na Flugplatz e sofreu graves ferimentos na cabeça e então Richard Attwood, que corria pela equipe de Reg Parnell foi alçado à condição de piloto da BRM em Mônaco. Jackie Stewart ainda estava de fora com um punho quebrado em razão de um acidente no mês anterior durante uma corrida de Fórmula 2 em Jarama e em seu lugar na Matra estava o estreante Johnny Servoz-Gavin.

Jean-Pierre Beltoise apareceu com o novo Matra MS11 e igualmente novo motor V12. Brian Redman estava ocupado nos 1000 Km de Spa pela Ford e seu lugar na Cooper esteve nas mãos de Lucien Bianchi. Denny Hulme era outro mantido ocupado no Qualifying das 500 Milhas de Indianápolis.

A classificação em Mônaco resultou na pole position de Hill por apenas 0.6 segundo para um impressionante Servoz-Gavin em seu lado na primeira fila. A segunda fila tinha Jo Siffert (na Lotus de Rob Walker) e John Surtees no Honda com a Brabham de Jochen Rindt e o BRM de Attwood na terceira fila.

Depois, Bruce McLaren e Beltoise, Pedro Rodriguez e Hulme. Na largada Servoz-Gavin pulou na frente e logo atrás Jackie Oliver e Bruce McLaren bateram na primeira volta. O francês não curtiu sua liderança por muito tempo. Depois de três voltas ele teve uma falha no semi-eixo e bateu, dando de presente a liderança a Hill e lá ele ficou pelo resto da tarde.

Jochen Rindt (Brabham) bateu na nona volta enquanto tentava ultrapassar Surtees. Brabham, Dan Gurney e Siffert abandonaram com problemas mecânicos enquanto Beltoise quebrou a suspensão ao passar por sobre uma zebra. Piers Courage (Reg Parnell Racing BRM) parou porque seu carro estava inguiável e a caixa de câmbio de Surtees ficou sem marchas na mesma volta.

Rodriguez também bateu e então apenas cinco carros sobraram já na 16ª volta da corrida. Como resultado a emoção limitou-se ao terceiro colocado Hulme parar no meio da corrida para trocar o semi-eixo e cair para o quinto lugar, permitindo Bianchi terminar em terceiro, com Lodovico Scarfiotti em quarto no segundo Cooper-BRM. Aquele seria o último Grande Prêmio de Scarfiotti. Ele morreu duas semanas depois em um acidente numa prova de subida de montanha em Rossfeld.

Graham Hill levou a bandeirada para a sua quarta vitória no principado e Dickie Attwood chegou em segundo na sua estreia pela equipe oficial da BRM, ainda marcando pela primeira vez a melhor volta em um GP de Fórmula 1.

XXVI Grand Prix Automobile de Mônaco – Grande Premio de Formula 1 de Monaco, Monaco.

Pole Position: Graham Hill. Lotus 49-Ford Cosworth, 1m 28.2s, 128.367 km/h (53.851 mph) de média.

Resultado final: Vencedor – Graham Hill. Lotus 49-Ford Cosworth, 80 laps x 3.145 km (1.955 milhas) = 251.600 km (156.370 milhas) distancia total de corrida em 2h 32m 03.0s, 125.238 km/h (77.836 mph) de média.

2) Richard Attwood, BRM P126-V12 + 2.2s
3) Lucien Bianchi, Cooper T86B-BRM-V12 + 4 voltas
4) Ludovico Scarfiotti, Cooper T86B-BRM-V12 + 4 voltas
5) Denny Hulme, McLaren M7A-Cosworth + 7 voltas
6) John Surtees, Honda RA301-V12 + 16 voltas, abandono, câmbio

Melhor volta: Richard Attwood, BRM P126-V12, 1m 28.1s na volta 80 = 128.513 (79.871 mph) de média.

Marco entre os pilotos:

– 1ª melhor volta de Richard Attwood em GP de Formula 1

– 99ª participação de Jack Brabham em GP de Formula 1 (novo recorde)

– 1ª participação de Jackie Oliver em GP de Formula 1

Advertisements

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s