Domingo,

4 de Maio – Didier Pironi marca a primeira das suas 3 vitórias no GP da Bélgica no circuito de Zolder a bordo de sua Ligier JS 11/15. Neste momento da temporada de 1980 o francês e seu compatriota, Jacques Laffite, pareciam poder lutar pelo título, mas o potencial do francês foi decaindo ao longo da temporada.

*

Wolfgang von Trips 1961 4/5/1928, Conde Wolfgang Berghe von Trips nasceu em Horrem, Alemanha.

Apelidado de “Taffy” por Mike Hawthorn, Von Trips tinha a reputação de piloto errático no início de sua carreira, mas chegou a sua melhor forma em 1961, ele tinha vencido o GP da Alemanha e da Inglaterra e chegava ao GP da Italiá em Monza com chance de ganhar o Campeonato Mundial. Tragicamente ele colidiu com a Lotus de Jim Clark na segunda volta da corrida e faleceu junto com 14 espectadores.

Nasceu: 4 de Maio de 1928 em Horrem, Alemanha;
Morreu: 10 de Setembro de 1961 em Monza, Itália, 33 anos.

*

4/5/1946, John Marshall Watson nasce em Belfast, Irlanda do Norte.

John Watson entrou na F-1 como piloto amador após boas performances na Fórmula 2 pilotando uma Brabham no GP Britânico de 1973. No ano seguinte ele pilotou para a equipe Hexagon Brabham e marcou seu primeiro ponto em Mônaco. Em 1975 ele iniciou a temporada com a Surtees antes de ser chamado por Rogar Penske para substituir Mark Donohue, que morreu no GP da Áustria. No ano seguinte, na Áustria, Watson trouxe a primeira e única vitória da equipe Penske na F-1, o time saiu da F-1 no final de 1976 e Watson foi para a Brabham, onde permaneceu por 2 temporadas.

Em 1979 ele foi para a McLaren e após Ron Dennis assumir a direção da equipe e John Barnard cuidar da parte técnica, Watson começou a se destacar. Ele teve uma vitória emocionante no GP Britânico de 1981 e venceu também na Bélgica e em Detroit. John chegou à última corrida, em Las Vegas, na disputa pelo título, mas acabou em segundo em igualdade de pontos com o Pironi. Mas como o francês tinha dois terceiros lugares a mais que o Watson, o vice atrás do Campeão Mundial Keke Rosberg foi o Pironi. Ele venceu novamente em Long Beach em 1983, mas sua carreira na F-1 estava chegando ao fim. Além de disputar algumas corridas com carros esportivos, ele se tornou um competente comentarista de TV e também comanda uma escola de pilotos em Silverstone.

Advertisements

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s