Sábado

Imagine o seguinte: Um piloto de Formula 1 de ponta decide após três anos de aposentadoria da categoria máxima do automobilismo de “brincar” de piloto de rali logo em uma etapa de Mundial em uma tentativa única e logo marca um pódio. Duvida? Pois é justamente isto que Carlos Reutemann fez na etapa do WRC na Argentina em 1985 o volante de um Peugeot 2005 Turbo 16.

*

12/4/1950, Flavio Briatore nasce em Verzuolo na Itália.

Briatore entrou na Fórmula 1 como diretor comercial da equipe Benetton em 1989 e logo começou a „limpar“ o lugar. Conseguindo patrocínios ele elevou o orçamento da equipe e trocava qualquer funcionário suspeito de ser mais bem pago do que os profissionais top da F1. Ele contratou o engenheiro John Barnard para reformular a estrutura técnica da equipe. Depois que a dupla se desfez ele começou uma ligação com Tom Walkinshaw, que havia apoiado um talentoso piloto alemão nas corridas de carros-esporte – Michael Schumacher.

Schumacher levou o título de 1994 em circunstâncias controversas. Ao mesmo tempo Briatore comprou a Ligier para ter o suporte dos motores Renault. Depois de assegurar os títulos de pilotos e equipes em 1995, Schumacher decidiu mudar-se para a Ferrari e levou consigo os melhores engenheiros da Benetton. Depois de uma pobre temporada de 1996 Briatore foi abandonado pela família Benetton.

Briatore organizou um acordo para comprar antigos motores Renault da Mecachrome e renomeou-os como Supertec – conseguindo um ótimo acordo financeiro em 1998, 99 e 2000. Ele voltou a gerenciar a Benetton quando a Renault assumiu o time em 2000. Sempre um olho vivo para talentos, ele acalentou a carreira de Fernando Alonso ao conquistar dois títulos de pilotos em 2005 e 2006, bem como o título entre os construtores, Briatore voltou ao top novamente.

*

eugene-chaboud.jpg 12/4/1907, Eugène Marius Chaboud nasce em Lyon na França;

Vencedor das 24 horas de Le Mans de 1938 com seu amigo Jean Trémoulet, Chaboud assumiu no GP da França de 1950 o Talbot-Lago de Étancelin e, em sua única participação na F1, marcou um ponto no Mundial por terminar em 5º lugar.

Nasceu: 12 de abril de 1907 em Lyon na França.
Faleceu: 28 de dezembro de 1983 em Montfermeil na França aos 76 anos.

*

12/4/1961, Corrado Fabi nasce em Milão na Itália.

Um estudante de engenharia aeronáutica e piloto da March na Fórmula 2, Corrado Fabi sentiu pela primeira vez o sabor de um Fórmula 1 testando o Brabham-BMW em Paul Ricard no final de 1981. Ele continuou com a fábrica da March no time de F2 em 1982 e venceu o título europeu da categoria. Depois de outro teste com a Brabham o mais jovem dos irmãos Fabi assinou com a Osella na F1 para 1983. Após um ano lutando com o péssimo carro italiano, ele dividiu o segundo Brabham-BMW com seu irmão Teo, que também corria na CART, para a temporada de 1984. Corrado participou de três provas e terminou em sétimo em Dallas. Ele então fez várias provas na IndyCar pela Forsythe depois de Teo ter decidido se concentrar na F1. No mesmo ano o pai deles faleceu e Corrado decidiu se retirar do mundo das corridas e dedicar-se aos negócios que a família possuía no ramo do talco.

*

12/4/1962, morre Ronald Flockhart.

Ex-piloto de corridas de moto, Ron Flockhart assinou com a BRM em 1954, inicialmente para correr nos eventos nacionais da Formula Libre com um carro superpotente. Ele também estreou em Grandes Prêmios naquela temporada, com o Bira’s Maserati no GP da Inglaterra após um acidente. Duas vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans pela Ecurie Ecosse em 1956 e 57, teve estas como o ponto alto de sua carreira, que na Fórmula 1 não chegou a decolar, apesar do terceiro lugar pela Connaught no GP da Itália de 1956. Um acidente no GP da França de 57 o deixou com queimaduras nas pernas e braços, e uma batida em Rouen num carro-esporte em 58 o colocou de volta.

Em 1959 ele terminou o GP da França na sexta posição quando uma pedra acertou seus óculos e ele continuou pilotando até o final enxergando com apenas um olho e com um profundo corte no rosto. Em 1960 ele correu um GP por duas equipes: Lotus e Cooper, mas seus pensamentos já estavam tomando direção à sua outra paixão, a aviação. Ele morreu quando seu avião se rompeu numa turbulência quando estava na Austrália treinando para tentar quebrar o recorde no trajeto entre Londres e Sydney.

Nasceu: 16 de junho de 1923 em Edimburgo na Escócia;
Faleceu: 12 de abril de 1962 em Dandenong na Austrália aos 38 anos.

*

12/4/1942. Carlos Alberto Reutemann nasce em Santa Fé na Argentina.

Carlos Reutemann foi para a Europa em 1970 como integrante de um programa de apoio a jovens pilotos do Automovil Club Argentino. Sua estréia em corridas no Velho Continente aconteceu na Fórmula 2 e em 1971 ele deu a Ronnie Peterson uma corrida (paga) pelo campeonato europeu de F2. Sua entrada na Fórmula 1 em 1972 não poderia ter sido mais impressionante classificando um Brabham BT34 na pole position diante de sua torcida em Buenos Aires. „El Lole“, como era chamado, chegou perto de vencer o Grande Prêmio de sua casa em 1974, mas ficou sem combustível a pouco mais de uma volta do final. Ele foi da Brabham para a Ferrari, onde correu entre 1976 e 78, depois para a Lotus e finalmente para a Williams em 1980.

Sempre tido como um piloto de ponta, seu tiro final para conquistar o título aconteceu em 1981, apenas por inexplicavelmente renunciar suas chances para Nelson Piquet na corrida final em Las Vegas. Ironia do destino: Reutemann aposentou-se após a corrida de abertura da temporada de 1982 e seu companheiro de equipe Keke Rosberg tornou-se o campeão mundial. Depois de se retirar do esporte, Reutemann passou a dedicar-se à política e sua popularidade emparelhou-se com intenções intenções legítimas, tendo vencido as eleições para governador da província de Santa Fé e mais tarde tornar-se senador.

Advertisements

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s