80 Milhões pela Toro Rosso

Dietrich Mateschitz, 2007 O novo site Motorsport-Aktuell.com traz hoje em exclusivo a notícia que a equipe de Formula 1 Toro Rosso está para ser vendida, contrário ao que seus donos – Didi Mateschitz e Gerhard Berger – viviam comunicando.


Porque esta mudança de discurso? Mateschitz e Berger realmente não tinham planos para vender a STR, mas tiveram que mudar de estratégia. A partir de 2010 o novo regulamento da Formula 1 não permitirá mais a transferência de tecnologia entre equipes, como o pratica a Red Bull Technologies com as equipes RBR e STR. 80 milhões de dólares americanos na mesa e você pode ser o próximo dono. E aí, vai encarar?

Sebastian Vettel, Toro Rosso-Ferrari

Um que tem vontade de encarar é o Tony Teixeira, CEO da A1GP, que organiza a Copa do Mundo de Automobilismo. O sul-africano já tem uma relação forte com a Ferrari sobre o fornecimento de motores para a A1GP e teria o aval dos italianos. Outro possível comprador é o russo Rustam Tariko, dono da marca de vodca “Russian Standard”, que estava presente no box da Toro Rosso em Melbourne.

Mas Mateschitz faz questão de exigir comprovações sobre as condições financeiras do comprador, quer ver a capacidade de investir no futuro da equipe, aventureiros como o Paul Stoddard estão descartados. “Só entregarei a equipe em boas mãos”, declara Mateschitz. Isto pode muito bem ser a comprovação, que na lista dos interessados há também uma montadora, mas não é a Volkswagen. Hans-Joachim Stuck, o novo consultor da marca, confirmou no blog da Motorsport-Aktuell.com que a F1 não está nos planos da VW.

Advertisements

21 Gedanken zu “80 Milhões pela Toro Rosso

  1. O problema não é pagar o preço, mas sim manter o desenvolvimento que, para quem vê de longe, parece que está sendo feito com os pés no chão e com consistência.

  2. O Mario mesmo, se nao me engano, ja escreveu algo sobre a GM na F1.

    EM 2008, eles param de torrar UM BILHAO com o Comite Olimpico norte-americano. Quem sabe?

  3. Outra montadora que poderia entrar na F1 é a Hyundai, que já alimentou boatos em outras épocas.
    Mas VW/Audi seria muito legal. E Porche, que já esteve na F1.

  4. Fala se que o Bernie tenta convencer a Hyundai, que aos poucos vem a caminho de ser „player“ no mercado mundial de automoveis

  5. 80 milhoes… Bom eu contribuo com 2k reais. Vamos fazer uma vacona e compra a bendita… O primeiro teste para pilotos e integrantes das equipes vai ser identificar cor vermelha da verde e vice versa… 🙂

  6. A FIAT não pode ser,ela faz parte do grupo da Ferrari.

    GM talvez,já que ela entrou a 2 anos numa fase de cortar custos(saiu da IRL,por exemplo),mas ultimamente a sua situação está bem melhor.

    Mais deve ser mesmo alguém da Coréia,o Bernie deu declarações de que queria ver até 2010 uma equipe coreana na F-1

    Também temos que levantar a hipótese de uma equipe árabe.

  7. É bem capaz de eu estar vendo coisas, mas… os 80 milhões de dólares seriam „americanos“ mesmo? Finalmente a GM (Opel F1)?

    Ford eu acho difícil, depois da frustração com a Jaguar, mas a Hyundai é uma boa hipótese.

  8. A FIAT é dona da Ferrari, poder ela pode, ,mas claro, não quer….
    As americanas estão quebradas pelos aposentados…..
    Só resta algum desconhecido com dinheiro ou alguma montadora Coreana interessada

  9. E a AutoSprint anunciou hoje que Vettel iria para a Ferrari no lugar do incompetente e retardado Felipe Massa. Você já tinha informação disso Mario? Ou isso é apenas uma matéria para vender mais revistas?

    Um abraço

  10. Não, não sabia que a AutoSprint publica tão abertamente o que eles acham do Massa… 😀

    Certamente é um pouco precipitada, esta notícia. Mas com a saída de Monsieur Todt, o protagonista da primeira pirueta em um GP de 2008 vai ter que ficar esperto. O que em sí já é pedir demais…

  11. E inclusive, eu escrevi um texto bem crítico no meu blog hoje sobre o despreparado e incompetente do Massa. Acho que o Mario tem a mesma opinião dele…

    Um abraço

  12. hehehehe

    vettel na ferrari, alguém na STR (que voto que vai virar GM) e massa entregador de pizza…

    ou bailarino… mas ainda tem que melhorar… pq as piruetas estão meio „tronchas“…

    resumindo, GM compra a STR. é fome com a vontade de comer…

  13. Acredito que a Nissan tenha potencial para fazer um motor de F-1. Pelo que ouço falar a GM não está bem das pernas

    Mas quanto ao Vettel na Ferrari, será que ele é TÃÃO bom assim para que a Ferrari tire do bolso uma grana astronômica para pagar a multa contratual de Felipe Massa, que tem contrato até o final de 2010? Seria uma aposta altamente arriscada, e a Ferrari não é disso, gosta de investir a longo prazo, como fez com o brasileiro: deixou-o na Sauber para aprender um pouquinho mais sobre pilotagem (até que funcionou, ele aprendeu bastante, só não sei se foi o suficiente). Mas a verdade é que a Ferrari só precisa de UM grande piloto, que num futuro não muito distante tenho certeza que será Fernando Alonso. O outro só precisa ser bom, errar pouco, enfim, um belo de um escudeiro. E para esse cargo ninguém foi melhor que o nosso Rubinho.

  14. Mário,

    Uma coisa que fico curioso, no caso de se confirmar a essa hipótese de venda da Toro Rosso e a consequente entrada de uma nova montadora (GM, Hyundai, etc) de como se daria o desenvolvimento dos motores, pois como estes estão congelados em seu desenvolvimento, como se faria ? rezam para acertar logo de primeira ?

    afinal um mau motor é praticamente uma setença de „morte“ !

    abs

  15. Você quer dizer além do famoso „rebadging“ ou colar um adesivo em motor existente?

    Bom, a entrada de uma nova montadora é sempre orquestrada pelo Bernie e, sendo bom para o negócio, ele consegue privilégios. Poderiam, por exemplo testar milhões de kms na boa ANTES de se inscrever para o Mundial.

    Vale lembrar que a Cosworth them uma quantia boa de motores V8 (além do projeto, é claro) e muito bons, guardados em algum armazém na Inglaterra…

    E vale também lembrar que a Hyundai quase que deu um calote feio na equipe que desenvolvia e inscrevia os carros „de fábrica“ da marca na WRC na época!

  16. A não eskecer k a VW e a Audi vão ser dentro em pouco marcas do grupo Porsche, por isso acho k a montadora k se fala é mesmo a Porsche mas eu gostava k fosse uma americana.

  17. Mário,

    Fico pensando se não seria hora da AUDI entrar de vez na Formula 1. A Porsche já tem o controle acionário da Volkswagen e não se sabe o que acontecerá com a disputa entre AUDI e Porsche na American Le Mans Series.

    O que eu imagino é que os engenheiros e a equipe de competição da AUDI deva ser fortísima, os caras foram campeões de novo na DTM em cima da Mercedes, apesar daquela confusão toda do ano passado, e ainda retirando-se daquela etapa em que os pilotos da Mercedes abanaram para tudo quanto é lado.

    Acho que talvez seja um desejo antigo de muitos na Formula 1, inclusive acho que vc, com essa porção alemã, deva ter também muita curiosidade, de ver a AUDI fazer uma esquadra alemã junto com Mercedes e BMW, todas tinindo „to kick some red ass…

    Eu por exemplo ando impressionado com a BMW. Nunca vi uma equipe com tanta vontade de vencer na Formula 1.

    Eu dou mais dois anos para que a italianada, agora sozinha, se enrole toda e entregue a Formula 1 nas mãos dos alemães e ingleses. A Austrália foi um pequeno exemplo do que eles são capazes sem nenhum francês ou inglês para bater o pau na mesa.

    Eu imagino que uma VW/AUDI viria direto para as cabeças.

    Abraços e por favor continue esse blog porque estão sobrando poucos espaços para se discutir automobilismo de maneira respeitável.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s