Atenção Folha de São Paulo !

Eis uma dica para mais uma „fonte“ competente para quem gosta de trabalhar na base do „ctrl+c / ctrl+v“: Foi lançado ontem o novo site da revista Motorsport Aktuell, mais um projeto para enfeitar o meu curículo. O site apresentará as noticias do mundo automobilismo, assim como todas as novidades do motociclismo. Contribuirei ao conteúdo principalmente como correpondente internacional do automobilisimo estado-unidense, mas também com matérias da Formula 1. Para conhecer, clique AQUI

Na redação de esportes a motor da Folha devem adorar a notícia sobre esta novidade. Ah, não falam alemão? Que pena, né…?

Advertisements

26 Gedanken zu “Atenção Folha de São Paulo !

  1. Não sei quanto ao pessoal da Folha, mas eu gostaria de acompanhar. Agora em alemão quebrou minhas pernas =(

    Infelizmente.

    Abraço

  2. Mário,

    Bela tirada..rsrsrsrrs

    Mas eu vou tentar ajudar a FOLHA e mais alguns de seus leitores que, como eu, são absolutamente analfabetos em alemão:

    http://www.google.com/translate

    Ajuda um pouco!

    Aliás, Mário, quando vocês lançarão a versão em inglês? O público que teria acesso (inclusive a FOLHA!) seria mostruoso!

    Abraços e parabéns pelo grande trabalho!

  3. Muito bom o recado Mario (espero que o pessoal tenha entendido). Aproveitando a deixa, o que o Mika Hakkinen deverá fazer em matéria de automobilismo a partir de agora? Ele vai correr por alguma categoria esse ano?

    Boa sorte nesse novo projeto.

  4. Não tem previsão para inglês (sorry, Folha), temos ainda muita coisa para apresentar dentro da versão existente.

    E enquanto ao Häkkinen, vale o que o manager dele me disse na época (publicado neste blog) : Ele ainda gosta de velocidade, de competir. Mas não quer mais compromissos e política de paddock. Vai fazer o que sentir vontade de fazer, mas não vai mais ser piloto professional no sentido de fechar contrato com uma montadora.

    Eu creio que certo momento ele vai aparecer na Speedcar-Series ou outra coisa que ele achar divertido. E já que a meta é se divirtir, porque teria ele pressa em definir algo?

  5. Mario, parabéns pelo blog. Dou uma passada aqui quase todos os dias desde o começo, mas só agora me senti compelido a postar algo. Irei acompanhar o site da Motorsport Aktuell, mas só para „ver as figurinhas“, já que sou leigo na língua tedesca. Mudando de assunto, existe algum consenso na alemanha e na Áustria sobre o talento do saudoso Markus Hottinger. pelo pouco que li sobre ele, imagino que se tratava de uma grande talento. É isso mesmo? Um abraço.

  6. uau!!!
    Esse é o Mario Bauer!!! Sempre brinco com as minhas amigas, dizendo que há momento, em que você está mais para „Jack Bauer“.

    Agora é hora de aprender de vez o alemão… pelo menos no meu caso.

    Parabéns novamente!

  7. Mario,

    Tinha postado uma mensagem aqui, mas desapareceu. Era sobre o Markkus Hottinger. Vc chegou a lê-lo? Um abraço.

  8. Quer dizer que o Hakkinen não vai correr? É. A Folha estava certa. Você, não. Mas é claro que você não vai admitir isso nunca. Será que é daí que vem tanta raiva?
    Em tempo-1: A grande maioria dos seus leitores não fala alemão. Você soou antipático. Mais uma vez;
    Em tempo-2: Você pode até falar português. Mas escreve muito mal. Currículo, aliás, é com dois „R“s, tá?

  9. Ele deve correr na Speedcar-Series Cintia…

    E a Folha errou sim, pois a notícia era que o Hakkinen sairia do DTM e não se aposentaria. Só a Folha (e uma média dúzia de sites pequenos) é que publicaram essa „notícia“.

  10. Por falar em alemão, Mário você pode me explicar por que o automobilismo alemão é tão fraco? Na história só tiveram um piloto com grandes resultados, sendo que lá existem montadoras como a Mercedes…turminha fraca, né?

  11. Gozado, pela primeira vez o bloqueio de spam do WordPress falhou. Pois é o que considero os seus posts, Cintia. Volta pro Orkut, vai…

    E Fabio, acho que lhe falta um pouco de informação. Pela F3 alemã passaram desde inicio dos anos 90 mais pilotos de F1 que pela F3 inglesa. Além disto a Alemanha venceu a Copa do Mundo de Automobilismo em 2007, ou A1 GP.

    Mas e o Brasil, Fábio? Você considera o automobilismo no Brasil um padrão válido para QUALQUER comparação? Ou considera o Brasil bem representando no automobilismo mundial? E porque faltam há anos resultados então…?

  12. Não Mário, mas digo em termos de pilotos vencedores, até hoje só o Schumacher. O Brasil teve Emerson, Piquet e Senna(pra mim o maior de todos os tempos). Além do Pace que todos falam maravilhas, mas que não teve chances de mostrar o seu potencial. Hoje temos o Felipe, que ao contrário de muitos, considero um bom piloto. Abaixo apenas do Alonso. Entetanto, com o descaso e a falta de competência da CBA, penso que temos a nossa última geração de pilotos na fórmula 1.

  13. Fabio, não concordo com a sua colocação porque um piloto só ganhou quase a mesma quantidade de títulos que o Brasil conseguiu com três pilotos. E tem em Sebastien Vettel e Nick Heidfeld a possibilidade de brigar por títulos em 2 anos. E o pessoal fala tanto do José Carlos Pace, mas pelo que li ele era um piloto muito irregular e piloto irregular dificilmente é campeão mundial.

  14. Nossa Fabio, Massa só abaixo do Alonso?????????? Vixe!

    Só pra completar: Não sei sequer porque esta comparação pilotos brasileiros contra alemães surgiu! Alguma alfinetada, por acaso?

    E por falar nisto? Tem brasileiuro campeão mundial de rali..? Acho que não? Mundial de Endurance? Só o Zonta… mas vários alemães. F3000? Europeu de F3? Enfim, existe um mundo além da F1…

  15. Mário nenhuma alfinetada é que o post fala de uma revista alemã, o qual realmente lamento não entender absolutamente nada. Mas, enfim não é este o problema. Só fiz uma pergunta, se não posso, não farei mais..

  16. Só mais um parêntese, não fui eu que fiz a comparação entre brasileiros e alemães. Fiz uma pergunta, sobre o porquê deles não darem muito certo na F1. Fora o Schumacher, é claro. Mas, a comparação foi tua. Alfinetada, talvez de sua parte em relação ao Massa, ao Nelsinho e ao Rubinho.

  17. peço desculpas, Fábio. Entendi mal então. Pode perguntar a vontade. As vezes não é tão simples entender se uma ou outra pergunta é feita de forma sincera ou, como tem sido ultimamente com alguns „visitantes“ deste blog, feita para criar atrito.

    Enfim, alfinetada contra o Massa? Que nada, é taco de beisebol mesmo! Contra o Nelsinho? Não, não tenho porque. Rubinho? Também não. Isto tantos fazem que já não tem graça.

    Enfim, ando meio sem paciência, pois a bagunça generalizada em minh avolta mal me permite fazer o meu trabalho direito. Por isto as traças estão começando a tomar conta deste blog.

    Jajá isto muda. Desculpa qualquer coisa, Fábio

  18. Realmente este está sendo um momento brilhante para o automobilismo alemão, pois na F-1 eles estão tendo uma geração que tem tudo para brilhar forte: Nico, Heidfeld, Glock, Sutil e o talvez melhor deles Sebastian Vettel. O Brasil só tem um nome com futuro que é justamente de um alemãozinho radicado no Planalto Central fruto de um investimento o Nelsão do que de um trabalho da CBA, entidade que parece não gostar de automobilismo.

    Sem falar que num passado recente eles tiveram um Heinz-Harald Frentzen que apesar de não ter dado certo na Willians quando esta ainda tinha um carro competitivo em 1997 sempre andou forte em todas as outras temporadas que esteve na F1. Até o Ralf teve seu período de brilho.

    Só podemos chegar à conclusão que os pilotos brasileiros tiveram o passado, ainda tem (muito mal) o presente e não terão o futuro, enquanto que os pilotos alemães não tiveram o passado, tem o presente e terão o futuro na F1.

    Nosso automobilismo vai ficar como o da Argentina, sem grandes representantes na F1, se continuar com esse descaso nas Fórmulas internas.

    OBS: que o Massa tem um tipo de Carlos Reutemann isso tem…

  19. O Automobilismo no brasil esta mais para o do paraguai do que da Argentina… pelo menos na argentina tem a TC2000…
    Aproposito, pela primeira vez em minha vida, acabei de comprar uma carteira… Uma carteira de piloto. 720 reais…

  20. Continuando o tema do Fábio, realmente, até hoje, apenas um piloto alemão chegou ao título na F1, mas não significa que os demais tenham dado vexame. Stefan Beloff (espero ter acertado o nome), aquele que também arrasou em Mônaco naquela corrida que seria o cartão de apresentação do Senna ao mundo, em 1984, era apontado como uma grande promessa. O acidente em esporte-protótipos impediu que isso ocorresse.

    E vale lembrar, também, o exemplo da França, que teve grandes nomes no automobilismo, mas apenas um conseguiu títulos: Alain Prost.

  21. Bem, quando eu só zapeava entre os blogs de automobilismo, vários me pareciam iguais, igualmente competentes. Só depois é que percebi que o seu é o único que tem informação realmente exclusiva e opinião sempre embasada.

    Arrogante? Bem, eu acho que arrogância é pra quem pode. E você pode. Parabéns e sucesso na nova empreitada.

  22. Caro Mario,

    Quando teremos mais capítulos da mini-série impressões (informações, detalhes, etc) dos testes de pré temporada?

    Abraço

  23. Estou de volta online (equem sabe quando tempo isto vai durar…) e creio que amanhã coloco no ar aquele capítulo que fiquei devendo, OK?

    Abraço a todos !

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s