21 de dezembro

Ayrton Senna, Penske, 1992

21 de dezembro – 15 anos atrás, Ayrton Senna aceitou o convite de Emerson Fittipaldi para testar a Penske do conterrâneo na pista de Phoenix Raceway. Fora de se divertir com o PC22, é claro que isto não passava de uma manobra tática para assustar o Ron Dennis, que estava doidinho para fechar um novo contrato para 1993 e além. De fato, mudar da F1 para a Indy, como o faria Nigel Mansell naquela mesma época, nunca estava entre as metas do Ayrton naquele final de 1992.

Lorenzo Bandini, 1967 21/12/1935, nasce Lorenzo Bandini em Barce na Líbia.

Calmo e contido, praticamente um jeito atípico para um italiano, Lorenzo Bandini estreou na F1 em 1961 com um Cooper-Maserati antiquado da Scuderia Centro Sud. Conseguiu uma vaga na equipe de fábrica da Ferrari em 1962, apesar de um ótimo 3º lugar no GP de Mônaco Enzo Ferrari acabou contratando Willy Mairesse para 1963 mesmo assim. De volta à Centro Sud, Bandini pelo menos dispus de BRMs de fábrica conseguiu marcar três vezes o 5º lugar. Revezando com Ludovico Scarfiotti venceu naquele ano as 24 horas de Le Mans ao volante de uma Ferrari 250LM. Quando Mairesse sofreu um acidente no GP da Alemanha, Enzo o chamou de volta à Scuderia.

Em 1964 Bandini conquistou o que permaneceria a sua única vitória na F1 no GP da Áustria. Até ali fazia papel de coadjuvante de John Surtees, mas quando o inglês brigou com Enzo no inicio de 1966 de repente herdou a posição de primeiro piloto. Depois de chegar em 2º lugar nas duas edições anteriores do GP de Mônaco, o italiano estava determinado em vencer no principado em 1967. Portanto, quando Denny Hulme lhe tirou a liderança, Lorenzo arriscou demais enquanto perseguia o neozelandês, errou na chicane do porto, bateu em um obstáculo e a Ferrari 312 capotou em chamas. Este foi um dos acidentes mais marcantes da história da Formula 1 em termos de acionar melhorias na segurança das pistas. Lorenzo, que havia sofrido terríveis queimaduras, morreu três dias depois em conseqüência no hospital de Monte Carlo e sua esposa grávida, a presenciar a morte do marido, perdeu a criança que esperavam pouco depois.

Nasceu: 21 de dezembro de 1935 em Barce na Líbia.
Faleceu: 10 de maio de 1967 em Monte Carlo, Mônaco, aos 31 anos.

*

Karl-Günther Bechem, aliás Bernhard Nacke, 2007 21/12/1921, nasce Karl-Günther Bechem em Hagen na Alemanha.

Piloto de sucesso nas categorias turismo, o alemão decidiu inscrever-se com o pseudônimo Bernhard Nacke no GP da Alemanha de 1952 para evitar discussões com o pai, que não aprovava este esporte perigoso. Pilotando uma AFM-BMW chegou em 3º lugar na sua classe. Para 1953 ele tornou-se piloto de fábrica da Borgward e teve que usar o nome próprio. Ele venceu os 1000 Kms do Nürburgring com o ágil esportivo de 1500cc da marca e terminou o GP da Alemanha em 2º lugar na sua classe. 1954 traria mais sucessos à Bechem, mas ao liderar a monstruosa Carerra Panamericana, uma corrida de 2000 kilometros, sofreu um grave acidente. Tanto os seus ferimentos como a família o impediram de voltar ao volante. Somente em 1960, novamente usando o pseudônimo Nacke, ele cedeu uma ultima vez à grande vontade de competir e participou de algumas corridas de montanha, vencendo a etapa suíça de Ollon-Villars.

*

Gary Hocking 1962 21/12/1962, morre Gary Hocking.

Ex-piloto de motos, Hocking mudou para o automobilismo de vez após a morte do seu amigo Tom Phillis na Tourist Trophy de Isle of Man de 1961. O chefe de equipe Rob Walker o chamou para substituir o acidentado Stirling Moss. Ironia do destino, o sul-africano morre no volante de uma Lotus durante os treinos para o GP de casa.

Nasceu: 30 de setembro de 1937 em Caerleon na África do Sul.
Faleceu: 21 de dezembro de 1962 em Westmead na África do Sul aos 25 anos.

Advertisements

5 Gedanken zu “21 de dezembro

  1. Mário, Mansell foi para a CART em 1993 e não no ano anterior ao teste de Senna com a Penske, que ocorreu em 1992, ano em que o Leão foi campeão da F1. No mais, a foto é histórica. Pena que a série anda tão mal, as corridas eram muito boas.

  2. É verdade, Francisco. Você está certo. É nisto que dá fazer as coisas na correria. Preciso de férias… 😀

    Consertei o lapso no texto, OK? Grato pela dica e boas festas.

  3. Vi nos extras do filme /grand prix, que Frankeinhaimer estava em duvida onde filmaria um acidente no principado.

    Perguntou a Bandini, que indicou a chicane.

    Ironia do destino que morreria no mesmo ponto.

  4. Mário, aproveitando a foto do teste de Senna, é verdade que o B.Eclestone agiu de forma a prejudicar a CART, incentivando a cisão da série com Tony George (sem interrogação, pois o meu teclado não atende ao comando).

  5. olha, não sei a qual época você se refere com isto. Mas ambas as categorias, ChampCars e IRL, estão atualmente fora do radar do Bernie, já que elas não tem audiências significativas, nem mesmo nos EUA.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s