5 de dezembro

zolder-02-2.jpg

Imagem da semana – Há tempo que se discute a situação precária enquanto a formação de pilotos no Brasil. O kartismo não está lá estas coisas e no automobilismo não restaram mais categorias de acesso à Formula 3. Os currículos de grandes astros como Ayrton Senna e Michael Schumacher sugerem que o ideal seria começar a andar de kart aos quatro ou cinco anos. Mas tem gente que não tem tempo a perder e quer logo brigar com os grandes…

Jordi Gené, 2006 5/12/1970, nasce Jordi Gene em Sabadell na Espanha.

Jordi Gene já competiu em tudo que é categoria de esporte a motor: Carros turismo, corridas de longa duração, caminhões de corrida, carros fórmula e até motos. Ele se sagrou o campeão mais jovem da história do automobilismo espanhol ao vencer aos 15 anos o Campeonato Espanhol de Formula Fiat. Aos 17 anos mudou-se para a Inglaterra e competiu durante cinco anos contra pilotos como Rubens Barrichello, David Coulthard, Olivier Panis e Jacques Villeneuve, entre outros. Sempre veloz e entre os ponteiros em cada categoria que passava sentiu o gostinho de ser piloto de F1 ao se tornar piloto de testes da Benetton. Ao contrário do seu irmão Marc, piloto titular da Minardi, piloto reserva da BMW-Williams e depois piloto de testes da Ferrari por alguns anos, Jordi nunca chegou a alinhar no grid de um GP.

*

Ken Downing 5/12/1917, nasce Kenneth Henry Downing em Chesterton na Inglaterra.

Downing, sempre piloto amador, pegou todo mundo de surpresa quando alinhou como piloto britânico mais bem colocado no grid de largada para o GP da Inglaterra em 1951 com o seu Connaught A-Type, um carro de Formula 2 com motor 2.0. Na frente dele somente as Ferraris da equipe de fabrica de Farina, Ascari e Taruffi, mais o Gordini de Manzon. Na corrida um retardatário desajeitado o fez rodar e lhe custou um resultado melhor que o 9º lugar. Na segunda tentativa no GP da Holanda acabou desistindo com defeito. Ele continuou fiel à marca Connaught, mas não fez mais nenhuma tentativa de participar do Mundial de F1.

Advertisements

2 Gedanken zu “5 de dezembro

  1. Mário,

    Gostaria de sugerir um espaço para perguntas (um e-mail, por exemplo). Eu mesmo tenho várias e acredito que outros leitores também. Aproveitando a oportunidade:

    1) Qual o motivo para tanto mistério envolvendo o Pacto de Concórdia? O que é realmente tratado no Pacto e que não pode ser divulgado? Se o motivo for a distribuição de verbas entre as equipes, qual o problema em divulgar isso?

    2) A volta dos pneus slick é quase unânime: eles trarão maior grip. E quanto aos motores turbo, qual a sua opinião sobre uma possível volta? O grupo de estudos da FIA que estuda melhorias no regulamento realmente existe e está considerando a volta dos turbo, mesmo com a válvula pop-off?

    3) Qual a verdadeira composição acionária da McLaren? Já li tantos percentuais na internet e ouvi outros na TV que já fiquei confuso: 10%, 20% ou 30% para Ron Dennis e Mansur Ojjeh (cada um deles)? A última versão que li foi 10% para cada um deles e 80% da Mercedes.

    Grande abraço.

  2. Cara a foto no bebê é simplesmente magnifica….
    Já saiu a festa de entrega do Oscar da F1…Sua opinião será bem vinda, e não sei se votou…confira os vencedores

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s