30 de novembro

Mika Salo, Tyrrell 025-Ford V8, Monaco 1997
30 de novembro – Hoje é o aniversário de Mika Salo e a foto acima mostra o finlandês nas ruas de Monte Carlo dez anos atrás. No GP de Mônaco de 1997 o Mika conseguiu uma façanha com a sua Tyrrell 025-Ford. Sabe qual?

Who is who 30/11/1932, nasce Alex Blignaut em Johannesburgo (Gauteng) na África do Sul.

Blignaut era piloto no início dos anos 60, participava então na copa Springbok, depois fundou a equipe Alex Blignaut Racing Team que competiu no campeonato sul-africano de Formula 1 com pilotos como Eddie Keizan e Ian Scheckter nos anos 70. Blignaut também estava à frente do SAMRaC , o clube organisador do GP da África do Sul, quando este se tornou etapa oficial do Mundial de F1. Blignaut morreu eletrocutado quando consertava uma aparelhagem em sua fazenda.

Nasceu: 30 de novembro de 1932 em Johannesburgo (Gauteng) na África do Sul.
Faleceu: 15 de janeiro de 2001 em Honeydew na África do Sul aos 68 anos.

*

Trevor Blokdyk 30/11/1935, nasce John Trevor Blokdyk em Krugersdorp, região de Gauteng na África do Sul.

Dos ovais de terra da África do Sul, onde era campeão, Trevor Blokdyk se mudou para a Europa para correr de Formula Junior em 1962. Mas ficou logo sem verbas e teve que voltar pra casa e continuou correndo por lá. Inclusive surgiu a chance de participar do GP da África do Sul ao volante de um Cooper, o que seria a sua única participação em uma corrida de F1. Trevor ainda insistiu na tentativa de conquistar o Europeu de F3 e acabou quebrando as pernas e a bacia em acidente no circuito de Albi na França. Mesmo assim continuou na F3 européia, mas não conseguiu passar deste nível e por final acabou voltando à África do Sul. Após algum tempo competindo em eventos nacionais, acabou se retirando das pistas e faleceu de um enfarte aos 59 anos.

Nasceu: 30 de novembro de 1935 em Krugersdorp (Gauteng) na África do Sul.
Faleceu: 19 de março de 1995 em Hekpoort (Gauteng) na África do Sul aos 59 anos.

*

Mika Salo, 2007 30/11/1966, nasce Mika Juhani Salo em Helsinki na Finlândia.

Veterano de 110 GPs, Mika Salo estreou na F1 com a Lotus em plena decadência no GP do Japão de 1994 em Suzuka. Recebeu contrato da Tyrrell e ficou com a equipe por três temporadas. Em 1999 apareceu nos holofotes substituindo Michael Schumacher durantes seis GPs, quase vencendo a sua primeira participação com um carro de ponta. Mas deixou Eddie Irvine passá-lo no GP da Alemanha, entregando a vitória para que o irlandês pudesse manter as suas chances no Mundial. O gesto lhe rendeu a temporada seguinte na Sauber, cortesia da Ferrari. Toyota contratou Salo para os preparativos e a estréia na F1, mas depois de uma só temporada se desfez do piloto finlandês de forma deselegante. Fora de algumas corridas na ChampCar Salo não voltou mais aos monopostos e virou figura freqüente na ALMS. Primeiro ao volante de um protótipo LMP1 e depois de uma fase na FIA-GT, agora compete na LM-GT.

Advertisements

11 Gedanken zu “30 de novembro

  1. Se não me engano, o Salo completou essa prova sem ter feito uma única parada de pit-stop. A Tyrrell queria fazer o mesmo com o outro piloto da equipe, Jos Verstappen, mas acabou desistindo por causa do estilo „selvagem“ do holandês.

    Foi isso mesmo Mario?

    Grande abraço!

    Gustavo Coelho

  2. Hum, até que isso é verdade, Gustavo. Mas não era o que tinha em mente. Pense mais no sentido da equipe.

  3. Boa, cada um dos três acertou as três façanhas em uma só:

    – Fez a distância sem pit-stop
    – Chegou em quinto e marcou dois pontos
    – Não foram somente os únicos da temporada para a Tyrrell, mas também os ultimos, já que a equipe acabou sendo vendida para a BAT que a transformou na BAR.

    Boa, rapazes!

  4. olá bauer, sobre o mika salo que campeonato é o LM-GT,é turismo?e onde ele é disputado se é em um pais só ou é um mundial.

    abraços lucas sena

  5. Viabilizou-se que o carro concluísse a prova em virtude de quê? Inúmeras bandeiras amarelas?
    Pelo que eu me lembre, um tanque de um F1 não viabiliza a conclusão de uma corrida, em condições normais, sem reabastecimento.

  6. Ele compete na American Le Mans Series na categoria GT2 , com uma Ferrari 430 junto com o paranaense Jaime Mello.

    Foram campeões dessa categoria esse ano e em 2006 foram campeões no FIA-GT.

  7. A propósito:
    O Mika Salo foi chamado pela Ferrari em caráter „emergencial“?
    A „lógica“ não indicaria que Luca Badoer seria o substituto „óbvio“, mesmo estando ele correndo pela Minardi naquela ocasião?

  8. Pois é, aquela história não caiu bemna It´lia. Acontece que o empresário do Irvine era também o empresário so Salo…

  9. Foram os últimos dois pontos da história da Tyrrell, graças a inteligente tática de Harvey Postlethwaite, que encheu o reservatório de gasolina até a boca e, prevendo que a corrida terminaria no limite de 2 horas imposto pelo regulamento, mandou o Salo ir pra pista pra completar a prova sem fazer um único reabastecimento. Aconteceu história „semelhante“ em 2003 com Heinz-Harald Frentzen, que largou dos boxes em Interlagos com o tanque cheio até a boca e como a prova foi interrompida, ele conseguiu fazer as 55 voltas sem efetuar um único reabastecimento. Claro que na ocasião, ele foi ajudado pelas entradas do Safety Car.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s