Massa acaba com seletiva de kartistas

Airton Daré Conversei hoje com o Airton Daré sobre o assunto entre ele, Romagnolli e Massa, só pra tirar a dúvida se de alguma forma alguém procurou endireitar esta história lamentável que relatei ontem. Se você é fã do Felipe Massa, mude de canal, ahn, quer dizer, mude de blog. Já. Porque o que vem a seguir é pior ainda que o que relatei ontem!

É claro que ninguém procurou o Daré pra consertar a picaretagem. O Massa declarou, quando estourou essa história toda, que não sabia de nada. Onde será que já ouvi isso antes? Enfim, também não pegou o telefone e ligou pro Daré pra resolver o assunto assim que soube. E nem semanas ou meses depois. Nada. “Nunca mais falei com o Felipe”, confirma Daré, que ainda investiu em melhorias no kartódromo de Bauru para assegurar a continuação do evento (o acordo era de três anos com opção para mais dois) com qualidade maior.

Mas tenho que corrigir o que coloquei no post de ontem: Conforme o próprio Airton, ele não foi o único que investiu, trabalhou e que passaram pra trás. O importador da Biland no Brasil, Paulo Breim, levou um calote pior ainda. Ele comprou 25 chassis, ainda sob a exigência que os chassis não poderiam ser usados antes do evento. E obviamente forneceu dezenas de motores quatro tempos do fabricante suíço Rolf Biland. Todo o material ficou guardado após a estréia em Bauru para o próximo evento lá. Tanto Breim como Daré ficaram sabendo pela internet, que o evento, no qual haviam investido, foi levado para Florianópolis por Massa e Romagnolli . E com isto um novo fabricante entrou na jogada. Nenhum dos dois os informou de nada, nem mesmo que poderiam considerar de tirar o evento de Baurú.

Money, Money, Money

Enquanto A Biland Brasil entrou na justiça, a audiência deve acontecer nas próximas semanas, o Airton não quer saber de procurar seus direitos. “Claro, tive prejuízo. Só mandar pegar o Cacá (Bueno) e o Pizzonia, que estavam em um evento da Petrobras no Rio, com um jatinho foi um dos valores que acabou ficando por minha conta. Mas não vou perder meu tempo com isto.” Ele explica as manobras que Massa e Romagnolli faziam para se esquivar de sentar na mesa e assinar o contrato. “Assim ficou tudo no acordo verbal.” A impressão que surge é de um golpe armado, a dupla parece que não tinha a intenção de honrar o combinado desde o inicio. Apesar de um contrato, citando obviamente todas as condições combinadas, tinha sido redigido e estava pronto para ser firmado. Mas conseguiram “enrolar” bonito para não ter que prestar a assinatura.

“O que mais me decepciona é a postura do Felipe, pois não é o tipo de exemplo que deveria dar pra molequeada.” E a dita molequeada, os jovens talentos do kartismo brasileiro é que foram igualmente lesados. Perderam, sem saber, uma grande chance de se apresentar à um público maior. “Eu tinha cinco vagas garantidas para fazer uma seletiva”, revela Daré. “E todo mundo que curte andar de kart poderia participar das eliminatórias.” Eis uma grande idéia que poderia ter revelado um grande talento brasileiro entres os jovens carentes de opções de encarar uma carreira promissora neste país. E uma chance única para todos aqueles, que não tem os recursos para correr o campeonato brasileiro com material de ponta, mas poderiam ter mostrado todos seu potencial em uma seletiva aberta como esta.

kartistas brasileiros

“O Felipe tinha se comprometido comigo que estaria presente para as finais desta seletiva.” Era uma idéia que serviria para a moçada se classificar para um grande evento e correr contra astros do automobilismo internacional. E seria um bom negócio para o kartódromo de Baurú também. Pois alta rotatividade significa faturamento, significa lucro. Uma ótima idéia, positiva para todo mundo. Mas com a mudança para outra localidade, e excluindo Daré e sua idéia, a seletiva morreu. Ainda bem que pelo menos Romagnolli e Massa estão felizes.

Advertisements

26 Gedanken zu “Massa acaba com seletiva de kartistas

  1. Mario…

    Estou pasmo com essa história toda… Já pensou em falar com o outro lado da história para saber a versão deles???

    []’s

  2. Jaaa. Diga-se de passagem que viajei até Floripa para falar com o personagem. E o Daré não foi o assunto inicial. Porém, „o estrela“ só estava disposto a falar sobre o rendimento do seu kart. O que francamente não interessa a ninguem. Por isto abandonei o evento logo após.

    Seguem algumas frases oferecidas pelo assessor de imprensa do Felipe Massa sobre o episódio alguns dias depois:

    „A tua militância no automobilismo não te transforma em jornalista.“
    (Ah tá. E será que três livros publicados e narração em mais de 200 transmissões na TV me transformariam em jornalista nos olhos do estimado assessor…?)

    „Entrevistas requerem técnicas, que talvez tenham lhe faltado. Uma delas é se informar corretamente do tema a ser tratado.“
    (Ayrton Senna, Michael Schumacher, Bernie Ecclestone, Luca Montezemolo, Príncipe Albert de Mônaco, Paul Newman, Ron Dennis, Jackie Stewart, Richard Petty, Dale Earnhardt Sr., Jeff Gordon, Mika Häkkinen, Gerhard Berger, Didi Mateschitz, Niki Lauda etcetc nunca reclamaram das minhas técnicas. Nem o redator-chefe, nem os leitores. Estranho, não? Mas quem sabe a minha pergunta era demasiadamente intelectual…?)

    „Felipe não tem qualquer conta a acertar com Daré e nem deu calote em ninguém. Felipe simplesmente se recusou a responder a uma pergunta sem pé nem cabeça.“
    (Sem comentários, opinem vocês mesmos)

  3. Tente repassar o que você apurou a outros colegas jornalistas. Quem sabe um grande jornal não resolve comprar a história e ir mais a fundo neste assunto? Com tanta gente interessada nesse imbróglio, dificilmente o assessor de imprensa dele vai conseguir se safar dessa.

  4. Tem muitos comerciantes de Botucatu não podem ouvir a palavra/sobrenome Massa. Titônio então nem por sonho. Deram o maior tombo na cidade.

  5. Mas aí Alexandre, vc esbarra na Redação Chapa_branca que assola o Brasil….alguém vai querer mexer com o queridinho da RGTV? Não esqueçam que hoje ele é um produto caro e de vendagem em teorico crescimento, não interessa à grande midia queima-lo desse jeito…

  6. Não é de hoje que se pode notar a gritante tentativa de fazer do ‚Maffa‘ a próxima estrela, o ’sucessor‘. Se falaram que o Barrichelo se empolgou com isto, no tempo de Ferrari, tenho certeza que ‚a estrela‘ já se achava assim antes mesmo de ir pra F-1. Relatos do pessoal que frequenta o meio automobilistico vão de encontro ao que você escreve…juntando a fome com a vontade de comer…daí a Globo manda ver. Sou de Florianópolis, adoro minha cidade, mas não vou passar nem perto desse evento. Esse negócio de ‚vips‘, por aqui, é levado a risca em todos os sentidos. É mais facil ver o camarote lotado do que a área dos ‚pobres mortais‘, em qualquer coisa que se faça por aqui. Lamentável.

  7. „O Massa gosta desse papel de ídolo nacional“, essa era a frase dita pelo Galvão Bueno depois do Massa marcar a pole em Interlagos, fazendo um sinalzinho ridículo para a torcida.
    Esse cara além de ser um produto de marketing, é um tremendo mal caráter.
    É Mário, você está mexendo com „coisa grande“, meus parabéns pela coragem.

    Abraços

  8. E o Massa fica lembrando todo ano que o Senna lhe recusou um autógrafo na infância, mas qual o exemplo que o Massa tá dando pra geração futura com essa história ?

    Perdi qualquer interesse em torcer pelo Massa numa declaração dele dizendo que não encarava Schumacher como adversário quando correu ao lado dele, mas como um ídolo, aceitando servilmente o cargo de escudeiro, simplesmente lamentável. Depois querem que torçamos pela nacionalidade, não dá.

    Também gostaria que a imprensa fosse atrás disso e ouvisse o F.Massa, mas sem evasivas, pq falar que não sabia de nada, não é resposta.

    Muito legal Bauer vc revelar uma outra face do Evento e ainda tentar ouvir a parte do Massa antes de dar um parecer, mas se esquivaram bem do assunto.

  9. Só digo uma coisa…nada disso sobre Felipe me surpreende. Sempre o achei um produto a ser vendido mais do que um piloto que compete para ser campeão.
    E Nigel, concordo plenamente com você sobre esta história de piloto subserviente. Com certeza, fica impossível torcermos por eles.
    Mario, mais uma vez, obrigada por compartilhar com a gente suas histórias. Fico feliz demais por ter uma voz que fala o que quero ouvir!!
    Parabéns!!!

    Beijinhos

    Ludy

  10. Sábia minha avozinha, que dizia que nada podia ser tão ruim , que não pudesse piorar ainda mais.

    E esses novos fatos conseguiram piorar ainda mais, uma história que já era pra lá de sórdida.

  11. Mario…

    Estou mais pasmo ainda… ainda… Sinceramente, estou acompanhando seu trabalho a muito pouco tempo, e confesso que para mim tu eras um desconhecido… mas agora, posso afirmar, que gosto dos teus textos, das suas histórias, e principalmente, o fato de falar oq sabe, com lisura de alguém digno. Muito obrigado por nos mostrar o outro lado da moeda, aquele que a „Globo“ esconde de tudo e de todos. Afinal, eles tem que vender F-1…

    Definitivamente, vou acompanhar o evento por um único propósito, de ver o Alemão dar um baile em todos, até pq, ele correu no mundial de kart em 2001, e foi vice, sem mesmo praticar direito…

    Acho que o Ayrton Daré, como ainda é ligado ao evento, deveria convocar uma coletiva e meter a boca no mundo, aí Sr. „Estrela“ ia ter que se manifestar… Eu quero é ver o circo pegar fogo… nosso mundo já tá cheio de gente safada, que os únicos idolos que temos nem mais para serem idolos servem, pq são td „farinha do mesmo saco“

    Desculpe o desabafo, mas não consegui me conter…

    Grande Abraço, de um novo fã seu.

    Jairo.

  12. Acho difícil o Daré fazer alguma coisa, provavelmente ele vai aproveitar essa história esquentar pra se arranjar com eles de novo. É bem provável…

  13. Edgard, é verdade, infelizmente… também sou de Florianópolis e adoro este lugar, ma nunca ví uma sociedade tão preocupada com aparências… acho que o único ponto positivo que eu vejo nesse rolo todo é mostrar que por aqui também se gosta muito de automobilismo, seria interessante uma seletiva com pilotos locais, já que Santa Catarina fica esquecida quando se fala de automobilismo.

  14. Meu caro,

    Simplesmente vergonhoso (considerando que nao ouvi a outra versao apesar das más palavras do assessor) mas nao me surpreende.

    Só há dois sujeitos brasileiro (estrelas de grande brilho) que eu respeito, o Ayrton e o Piquet. Ayrton tirou grana de todos os patrocinadores até nao poder mais (exceto o Banco Nacional, com o qual tinha um acordo de palavra, que ele honrou até o fim), mas recompensava cada um deles com o seu trabalho e no final ainda deixou um grande projeto (apenas uma idéia na verdade) de responsabilidade social. O Piquet nunca fez questao de pousar de bonzinho (e o admiro muito por isso), mas da mesma forma, a sua conduta sempre foi um grande exemplo (a renovaçao da habilitaçao, por exemplo).

    O resto, que me desculpem, mas é apenas isso mesmo, resto. Sao apenas sujeitos extremamente individualistas e que a preocupaçao em ter os nomes nos jornais se sobrepoe a qualquer razao „menor“.

    Independente de ouvir o outro lado, eu tenho mesmo esta impressao deste evento: muita divulgacao, pouco beneficio. Como tudo no Brasil.

    Ah! Esta nao é uma exclusivadade de Massa e Cia, muitos eventos, de menor porte inclusive, sao feitos apenas para que as estrelas sejam vistas.

    Gostei muito da matéria, creio que abriu um debate interessante: damos de volta a nossa sociedade, aquilo que gostaríamos que tivessem nos dado um dia?

  15. eu conheço o Dare, morei em Miami na mesma epoca que ele, sei da honestidade e da hombridade dele….sao todos pessoas serias, que tenho certeza tomaram um tombo dos Massa e asseclas…

  16. Mário, no link o Livio fala do aperto as pessoas da imprensa, mas não tem nenhuma menção a diálogo entre ele e o acessor de imprensa…

  17. Diego, talvez não expliquei bem. O bate-boca entre o Livio e o sujeito aparece depois do texto, nos comentários. E quase no final, no meio do bláblá se Schumacher era o melhor ou não. OK?

  18. Excluiram a matéria que postei aonde mostra quem é o Airton Daré??????………………..

    Não é esse blog que tem livre expressão pra quem quer discutir sobre a questão apontada???

    Att.

  19. Caro JP,

    Há um série de coisas que você precisa aprender sobre este blog:

    1) Este blog é meu! Não é a casa da mãe Joana e também não é a Barracolândia (mais conhecida como comunidade de Orkut), onde se pode simplesmente adentrar, publicar qualquer coisa e o dono/moderador tem que correr atrás para manter a ordem e calma. Aqui as coisas passam PRIMEIRO pela moderação. Portanto NADA foi excluido e, sim, está retido para avaliação. É automático. E é ótimo este sistema.

    2) O tema aqui é (aliás, todos são) referente ao automobilismo. Ou kartismo no caso. Você ofereceu PÁGINAS de texto expondo assuntos sobre o Daré que não tem a ver com a matéria. Já que você não ofereceu fontes exatas, não vou publicar aquilo. É uma questão de seriedade jornalística. Se você tiver um link de um site de jornal ou emissora para oferecer, posso até considerar em publicar. Se achar que cabe. Mas isto aqui não é blog de fuxico.

    3) „Não podemos julgar antes de conhecermos bem a história das pessoas…“ Corretíssima esta frase tua. E eu não te conheço! Evidentemente você quer expor um assunto referente ao Daré que vai além do „Desafio das Estrelas“. Você deve ter notado que eu não fiz a mesma coisa na minha matéria. Embora me ofereceram uma série de relatos nada positivos de Baurú e Botucatu. Repito: O Blog não se ocupa com estes ademais assuntos, senão os teria exposto. O mesmo vale pelo que você relata sobre o Daré. Aliás, JP, você sequer parece saber que existe Airton Daré pai e Airton Daré filho. A qual do dois você se refere…??? E como posso saber se você não está sendo subjetivo ou tem alguma briguinha com o Daré, querendo expor (possíveis) subjetividades, já que você não oferece provas, sequer datas para as suas alegações?

    Livre expressão? Quem disse? Onde você achou isto escrito? Respondo aqui por mera educação, não sou obrigado a dar palco à ninguem por aqui. Crie teu próprio blog, e entenda o trabalhão que isto dá quando feito com seriedade, aí você pode publicar livremente o que você bem entender.

    Abs

    Mario

  20. valeu,Mario é assim que se faz,uma pessoa dessa não sabe o trabalho que é fazer um blog,buscar fontes,fazer matérias etc,etc…,e é como você disse,se quizer falar qualquer coisa vai pro orkut,por que pra isso que ele existe.

    abraços

    lucas( autobr.wordpress.com )

  21. Lógico que vocês não divulgam né………………..vcs divulgam matéria de um ex-piloto que nunca conseguiu nada, só chegou lá pelo dinheiro que vem de onde todos no interior sabem……….Preferem falar do Massa que leva o nome do Brasil mesmo sem saberem oque é verdade ou não………por isso que mandei essa matéria que saiu em todos os jornais da nossa cidade……pois isso é um fato…..aconteceu e mostrou quem são os darés…..realmente não sei se o pai e filho são o mesmo nome pq não conheço, mas como cidadão não é justo crucificarem o Massa e deixarem o outro de bonzinho, pois a história dele é verdadeira…….agora tudo que falam do massa é especulação…ninguem prova nada…………..

  22. Deixe de encher o meu blog com as suas besteiras, JP ! ! !

    Não existe VOCÊS, o blog é MEU. Exclusivamente. E não tenho obrigação alguma de te aceitar aqui. Se publiquei a tua reclamação, é pra mostrar que aqui as coisas funcionam de forma coerente. Pena que você não parece entender isto.

    “Não temos o que esconder. Todos os contratos estão dentro dos padrões exigidos”, colocação feita por funcionária da empresa do Daré. O único que está sendo tendencioso aqui é VOCÊ.

    Aliás, só para a sua informação: Qualquer cidadão pode ser investigado pela PF. Até membros da tua família ou amigos. Porém, eis o que você parece desconhecer, CULPADO somente é quem acaba sendo comprovado como autor da uma infração ou de um crime e é CONDENADO ! ! !

    O que EU faço é pesquisar, antes de expor. NADA do que você relata é afirmativo. Portanto pare de me fazer perder tempo com as suas subjetividades. Volte para a sua comunidade de Orkut, lá é teu lugar.

  23. Cara … viei seu fã! Não por apenas ser um jornalista sério e rebatedor aos fatos. Mas pela coragem que falta a grande maioria dos pobres assessores de imprensa que ficam jogando paciência nas salas de imprensa para depois colar alguma frase e jogar no seu veículo de comunicação.

    Vamos que vamos. Já mencioneii em outra postagem: larguei as pistas porque de fora é muito mais divertido.

    Leia minhas notas do meu blog, se puder. Talvez goste.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s