21 de novembro

Bugatti 251

21 de novembro – Neste dia do ano de 1955 a Bugatti apresentou o 251. Após a morte de Ettore Bugatti, sessenta anos atrás, a marca parecia sumir do cenário dos Grandes Prêmios. A empresa passou para o filho Roland, que após alguns anos contratou o engenheiro Gioacchino Colombo da Maserati. O engenheiro criou o Bugatti 251 para o novo regulamento da Formula 1 com motores 2.5. O motor era um 8-cilindros DOHC, instalado no chassi tubular em posição transversal. Maurice Trintignant disputou o GP da França daquele ano com o 251 e da pista o carro foi direto para o museu, encerrando assim, sem glória alguma, a bela historia da Bugatti nas pistas.


Felice Bonetto, 1953 21/11/1953, morre Felice Bonetto.

Apelidado de “o pirata”, Bonetto logo ganhou fama de impetuoso, era tão arrojado que várias das suas façanhas eram avaliadas entre valentia e loucura. Logo após vencer o GP do Portugal participou na Carrera Panamericana. Estava em 2º lugar atrás de Piero Taruffi quando derrapou da estrada e acertou um poste de iluminação no vilarejo de Silao sofrendo ferimentos letais.

Nasceu: 9 de junho de 1903 em Brescia na Itália.
Faleceu: 21 de novembro de 1953 em Silao no México aos 50 anos.

*

Jacques Laffite, 2007 21/11/1943, nasce Jacques Laffite em Paris na França.

Laffite correu na F1 entre 1974 e 1986 participando de 176 GPs. Seu currículo apresenta seis vitórias, sete poles, seis voltas mais rápidas e um total de 228 pontos no Mundial. Um acidente logo após a largada do GP da Inglaterra de 1986 em Brands Hatch pos um fim prematuro em sua carreira, já que sofreu lesões complicadas nas pernas e não teve condições de retornar ao cockpit de um F1. Nos últimos anos vem sendo o comentarista de F! da rede de TV francesa TF1.

Advertisements

2 Gedanken zu “21 de novembro

  1. O Felice Bonetto ganhou fama em virtude de sua paixão por… cachimbos! Dá para comprovar aqui: http://www.cuoresportivo.pl/_mm/slowniki/biograf/Bonetto.gif

    Dizem até que Bonetto chegou a participar de Grandes Prêmios com seu inseparável cachimbo. Não sei se é lenda ou verdade…

    Mario,

    Sobre o seu comentário lá no meu Blog, falando do Desafio das Estrelas: pelo visto, o evento foi mais preparado para a televisão, não é mesmo? Vamos ver se a infra-estrutura melhora neste ano. Precisamos considerar que trata-se apenas da 3ª edição da competição. Tomara que eles tenham aprendido com os erros…

    Grande abraço!

    Gustavo Coelho

  2. Boa Gustavo, até que demorou pra achar uma foto dele sem esse negócio enfiado na cara… =D

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s