Agenda Grand Prix Insider, 40ª semana

Sebastian Vettel, Fernando Alonso, Fuji, GP Japan 2007

IMAGEM DA SEMANA (copyright LAT) – Classificar uma Toro Rosso entre os dez primeiros do grid pela primeira vez na história da equipe já foi uma conquista para o novato Sebastian Vettel. Liderar quatro voltas do GP do Japão em Fuji no dia seguinte e, após as paradas nos boxes, ultrapassar o Fernando Alonso na freada, no braço, isto demonstrou claramente o porquê os alemães chamam o loiro de „bebê Schumi“. A falta de experiência o fez cair no golpe das freadas de Hamilton atrás do carro madrinha, atropelando assim o Mark Webber. Mesmo assim o alemãozinho merece a homenagem pela bela demonstração de habilidade. Afinal não foi ele quem rodou atrás do carro madrinha…

segue para a agenda

Willy Mairesse 1/10/1928, nasce Willy Mairesse em Momignes, Bélgica.

O belga Willy Mairesse participou em 12 GPs conquistando um pódio em total de sete. Após um grave acidente não conseguiu mais competir e, frustrado com esta situação, suicidou-se em um quarto de hotel em Oostende.

Nasceu há 79 anos, morreu 2/9/1969 em Oostende, aos 41 anos.

Frank Gardner 2007 1/10/1930, nasce Frank Gardner em Sydney, Austrália.

Frank Gardner era conhecido pelo seu estilo rústico e determinado na pista. O australiano fez fama em carros turismo e protótipos e chegou a participar em nove GPs de F1. Em 1971 e 1972 dominava a Formula 5000 européia e em 1976voltou para a Austrália logo dominando o campeonato de turismo local conquistando o título em 1976 e 1977.

Jean-Pierre Jabouille 1/10/1942, nasce Jean-Pierre Jabouille em Paris, França.

Jabouille foi um dos últimos pilotos na F1 com formação de engenharia e ficou famoso por não somente estrear o motor turbo com a Renault na F1, mas também ao conquistar a primeira vitória para a montadora francesa com esta tecnologia então revolucionária.

Jean-Denis Delétraz 2007 1/10/1973, nasce Jean-Denis Delétraz em Genébra, Suíça.

Delétraz acreditava estar pronto pára a F1 após conquistar dois pódios na Formula 3000. Nas três oportunidades que sentou na Pacific em 1995 demonstrou que lhe faltava mais que as verbas para continuar. Mas pelo menos na FIA-GT ele hoje é um piloto vencedor.

Raúl Riganti 1/10/1970, morre Raúl Riganti.

Raúl Riganti foi um dos melhores pilotos a surgir da Argentina nos anos 20 e 30. Ele é reverenciado até hoje como um dos heróis do esporte em sua terra natal.

Nasceu há 114 anos, morreu em Polenta há 37 anos (1 / 10 /1970) aos 77 anos.

Mariette Hélène Delangle 1/10/1984, morre Mariette Hélène Delangle.

Filha do gerente do correio da cidade de Nice, Hellé mudou pra Paris para se tornar uma grande dançarina. O nome de artista Hellé Nice logo pegou e quando surgiu a oportunidade de competir ao volante de uma Bugatti, a francesinha surpreendeu com a sua habilidade. Mas ao mesmo tempo fez negócios com os nazistas e agiu como agente da Gestapo. O piloto Louis Chiron soube do lance e a denunciou após a segunda Guerra mundial. Ela acabou falecendo pobre e abandonada em Nice em 1984.

Nasceu a 107 anos em Aunay-sous-Auneau, morreu 1 / 10 /1984 aos 84 anos.


Jan Flinterman 2/10/1919
, nasce Jan Flinterman.

Após uma estréia competente na Formula 3 de 500cc, Jan tornou-se o primeiro holandês a participar de uma etapa do mundial de F1 no GP de casa em 1952.

Nasceu há 88 anos, morreu 26/12/1992 aos 73 anos.

Giorgio Scarlatti 2/10/1921, nasce Giorgio Scarlatti.

O italiano Scarlatti participou em 15 GPs, a estréia sendo em 13 de maio de 1956, a acabou conquistando um único ponto.

Nasceu há 86 anos, morreu há 15 anos (?/?/1992) aos 71 anos.

Nanni Galli, 2007 2/10/1940, nasce Giovanni Giuseppe Gilberto Galli.

Mais conhecido como Nanni Galli, o italiano era fera em carros de turismo e protótipos nos anos 60 e 70, competia principalmente ao volante de Alfa Romeos. No início dos anos 70 fez algumas tentativas na F1, a mais desastrosa sendo com o Tecno em 1972.

Michael Bleekemolen 2007 2/10/1949, nasce Michael Bleekemolen em Amsterdã, Hollanda.

Bleekemolen correu pela ATS e depois RAM na F1, estreou em 1977 tentando em vão qualificar-se para o GP da Holanda. A próxima tentativa foi em 1982, participou em quarto GPs naquele ano. Mas como não conseguiu dar continuação à carreira na categoria máxima, voltou a correr na Formula 3. Nos últimos anos participou em corridas de GT e no Porsche Supercup.

Olivier Gendebien 2/10/1998, morre Olivier Gendebien.

Apesar de belga serviu aos ingleses na segunda guerra mundial. Depois da guerra começou a participar de ralis. Foi contratado por Enzo Ferrari para competir com os carros esporte da marca e agradou com belas corridas. Gendebien venceu quatro vezes em Le Mans, três vezes cada em Sebring e na Targa Florio. Com este empenho recebeu a chance de correr na F1, chegou a competir em 15 GPs.

Nasceu há 83 anos, morreu em Bruxelas, Bélgica, há 9 anos (2 / 10 /1998) aos 74 anos.

Andrea de Adamich 2007 3/10/1941, nasce, Andrea de Adamich em Trieste, Itália

O italiano participou em 34 GPs, sua estréia na F1 aconteceu em 1 de Janeiro de 1968. Andrea conquistou seis pontos e acabou se retirando da F1 sob a forte impressão de um acidente em Silverstone em 1973, quando ficou preso nas ferragens da sua Surtees com as pernas quebradas e temendo constantemente um incêndio durante o resgate que parecia durar uma eternidade.

Max Papis 2007 3/10/1969, nasce, Massimiliano Papis em Como, Itália

Max Papis competiu em várias categorias de alto nível, assim como F1 e ChampCars. Atualmente o genro de Emerson Fittipaldi participa da Grand Am Rolex Sportscar Series.

Roberto Bussinello, 1961 4/10/1927, nasce Roberto Bussinelo em Pistoria, Itália.

Correu como semi-profissional para a Autodelta em uma Alfa Romeo GTA em vários campeonatos de turismo. E quanto surgiu a chance de correr pela equipe Centro Sud ao volante de uma BRM já meio antiga nos GPs da Alemanha e Itália em 1965, nem hesitou em tentar a sua sorte. No Nürburgring sequer conseguiu se classificar, mas no GP de casa conseguiu realizar o sonho de largar no grid de F1.

Nasceu há 80 anos, morreu há 8 anos (24/8/1999) aos 72 anos.

Eitel Cantoni 4/10/1906, nasce Eitel Cantoni em Montevideo, Uruguay.

Piloto que surgiu de Montevidéu no Uruguai para correr entre os colegas da América do Sul que invadiram as pistas européias no final dos anos 40.

Nasceu há 101 anos, morreu há 10 anos (6/6/1997) aos 91 anos em Montevidéu, Uruguai.

Karl Oppitzhauser 4/10/1944, nasce Karl Oppitzhauser.

Um dos pilotos mais conhecidos da Áustria na sua época, principalmente pelo sucesso ao volante de carros turismo e GTs, Oppitzhauser fez uma tentativa de participar do GP da Áustria de F1 em 1976 formando equipe com o compatriota Otto Stuppacher. Mas ambos tiveram as inscrições recusadas por falta de resultados com carros Fórmula.

Denny Hulme 4/10/1992, morre Denis Clive Hulme.

Campeão mundial em 1967 com a Brabham, Denny Hulme se mudou depois para a equipe Bruce McLaren, tornou-se campeão da CanAm e, 1968 e 1970 e ficou junto à equipe do conterrâneo até encerrar a sua carreira. Em 1992, ao participas do maior evento da Austrália (for a o GP de F1), o Bathurst 1000, Hulme faleceu no meio da prova ao volante de uma BMW M3 ao sofrer um ataque do coração.

Nasceu a 71 anos em Moteuka, Nova Zelândia, morreu 4 / 10 /1992 em Bathurst, Mount Panorama aos 56 anos.

Tony Shelly 2007 4/10/1998, nasce Tony Shelly.

Piloto bem sucedido em sua terra natal, o neozelandês se mudou para a Europa em 1962 para competir em algumas provas de F1 não validas para o mundial e se mostrou competitivo. Na única participação em um GP de F1 sofreu quebra do equipamento após somente seis voltas. Ele desistiu do seu sonho e mudou para o Havaí onde era dono de uma revendedora.

Nasceu há 70 anos, morreu há 9 anos (4 / 10 /1998) aos 61 anos.

Michael Andretti 2007 5/10/1962, nasce Michael Andretti em Bethlehem, EUA.

Proveniente de uma das famosas dinastias de pilotos norte-americanos, Michael Andretti é o filho mais velho do campeão mundial de 1978, Mario Andretti e, após carreira de sucesso como piloto, hoje é o CEO da equipe Andretti Green Racing na IRL. Como dono de equipe venceu três campeonatos tanto como as 500 milhas de Indianápolis que nunca conseguiu ganhar como piloto.

Froilan Gonzalez 2007 5/10/1922, nasce José Froilan Gonzalez.

González estreou no GP de Mônaco de 1950 na F1, participou em 26 GPs em nove temporadas, de 1950 a 1957 e a de 1960. Somou duas vitórias, sete segundos lugares e chegou quarto vezes em terceiro. Também ganhou a Copa Acerbo de 1951 e, em 1954, as 24 horas de Le Mans fazendo dupla com Maurice Trintignant.

Walter Wolf 5/10/1939, nasce Walter Wolf.

Walter Wolf nasceu na Slovenia e emigrou para o Canadá vendendo equipamento petrolífero. Nos anos 70 fez uma fortuna na corrida de exploração do mar do norte e com tantos recursos sobrando, inventou de montar a sua própria equipe de F1. Com Jody Scheckter ao volante a Wolf Racing conseguiu vencer um Gp de F1 na estréia em 1977, mas o sonho de conquistar o mundial nunca se tornou realidade e Wolf acabou desistindo da equipe.

André Pilette 6/10/1918, nasce André Pilette em Etterbeek, Bélgica.

André Pilette participou em 14 GPs estreando em 17 de junho de 1951. Dois pontos é tudo que conseguiu conquistar neste período.

Nasceu há 89 anos, morreu 27/12/1993 aos 75 anos.

Max de Terra 6/10/1918, nasce Max de Terra em Zurique, Suíça.

Max de Terra competiu em corridas regionais e de subida de montanha no final dos anos 40, mas chegou a participar de dois dos GPs no circuito de Bremgarten na cidade de Berne em 1952 e 1953.

Nasceu há 89 anos, morreu 29/12/1982 aos 64 anos.

John Nicholson 6/10/1941, nasce John Nicholson em Auckland, Nova Zelândia.

O ex-piloto John Nicholson ganhou fama como excelente preparador de motores, principalmente dos lendários Cosworth DVV. Nicholson chegou a estrear até na F1 em 20 de julho de 1974 e participou em outra ocasião, mas preferiu concentrar-se em seu negócio, a McLaren Engines, que continua fornecendo motores de competição e aviação.

Carlos Pace, 1976 6/10/1944, nasce José Carlos Pace em São Paulo, Brasil.

Carlos Pace foi uma dos pilotos a conquistar espaço na Europa ao lado de Emerson e estava com um futuro promissor na F1 em uma equipe Brabham cada vez melhor. Participou de 73 GPs, a estréia acontecendo em 4 de março de 1972. Inesquecível a sua única vitória na F1, logo no GP de casa em 1975 na pista de Interlagos, circuito que hoje carrega seu nome. Pace morreu em acidente de avião particular em 1977.

Nasceu há 63 anos, morreu 18/3/1977 aos 33 anos.

Manfred Winkelhock, 1985 6/10/1951, nasce Manfred Winkelhock em Waiblingen, Alemanha.

Manfred Winkelhock tinha fama de ser veloz, mas meio louco. Na F1 correu pela ATS e depois a RAM-Hart com uma visita na equipe Brabham-BMW de Bernie Ecclestone em 1983. O pai do estreante Markus Winkelhock morreu ao volante de uma Porsche 962 durante uma etapa do mundial de marcas em Mosport Park no Canadá, quando o pneu dianteiro direito estourou lançando o carro contra um muro de concreto.

Nasceu há 56 anos, morreu 12/8/1985 aos 34 anos.

François Cevert, 1973 6/10/1973, morre François Cevert.

Cevert foi um dos pilotos de F1 mais promissores do inicio dos anos 70 e com uma fama de playboy com namoros muito comentados, por exemplo, com a modelo Brigitte Bardot. O francês teve um terrível acidente nos treinos para a etapa final da temporada de 1973, o que seria a ultima corrida de Jackie Stewart, que deixaria a liderança da equipe para o seu herdeiro natural dos sucessos na Tyrrell. O destino fez outros planos.

Nasceu a 63 anos em Paris, França, morreu em 6 / 10 /1973 em Watkins Glen, EUA, aos 29 anos.

Helmuth Koinigg, 1974 6/10/1974, morre Helmuth Koinigg.

Helmuth Koinigg era um austríaco de grande habilidade e de sucesso nas categorias de acesso. Quando conseguiu financiar a sua participação nos dois últimos GPs da temporada de 1974, estava feliz por realizar um sonho e cheio de vontade de mostrar serviço aos patrocinadores para garantir uma vaga para a temporada seguinte. No dia exato um ano depois da trágica e cruel morte de François Cevert, Koinigg morreu igualmente vitima dos guard-rails de Watkins Glen.

Nasceu a 59 anos em Viena, Áustria, morreu em 6 / 10 /1974 em Watkins Glen, EUA, aos 26 anos.

EVENTOS – 6/10/2007:

NASCAR Craftsman Truck Series, Talladega Superspeedway, EUA

ALMS, Road Atlanta, EUA

Marco Apicella, 2005 7/10/1965, nasce Marco Apicella em Bolonha, Itália.

Marco Apicella teve uma das carreiras mais curtas da história da F1. O italiano convenceu um grupo de patrocinadores a bancar o cockpit na Jordan para participar do GP da Itália de 1993 em Monza, classificou-se em 23º e na após a largada viu-se envolvido sem culpa própria em um acidente na primeira curva que o tirou da prova.

Bernard Collomb 7/10/1930, nasce Bernard Marie François Alexandre Collomb-Clerc em Annecy, França.

Bernard Collomb adorava preparar carros e nos seis GPs, nos quais participou como piloto, largou com um Cooper de preparação própria, em 1963 trocou para uma Lótus. Seu melhor resultado foi um quarto lugar em Viena 1961, uma prova que não valia para o mundial, ao volante de um Cooper-Climax.

William Gordon Everitt 7/10/1901, nasce William Gordon Everitt em Bromsgrove, Inglaterra.

Everitt foi visto como sucessor natural do grande Dick Seaman e resultados como o quarto lugar no GP da Grã-bretanha de 1935 em Donington GP, o terceiro lugar na Empire Trophy de 1936, o quinto lugar no GP da África do Sul de 1938 assim como o quarto lugar em Grosvenor no mesmo ano com a Maserati 6CM comprovaram a sua qualidade de piloto. Mas Everitt não chegou a ser um herói das pistas como Seaman

Nasceu há 106 anos, morreu em 3/8/1993 aos 92 anos.

Vincenzo Sospiri, 2007 7/10/1966, nasce Vincenzo Sospiri.

O campeão da Formula 3000 de 1995 passou o ano seguinte como piloto de testes da Benetton e tinha a sua estréia marcada na F1 para a temporada de 1997, mas acabou perdendo o seu patrocínio no fiasco que virou o jamais concluído retorno da Lola à F1. Sospiri então se mudou-s para os EUA, correu na IRL e na CART, mas obteve seu maior sucesso vencendo O mundial de esporte-protótipo em 1998 e 1999 em dupla com Emmanuel Collard. Em 2001 encerrou a carreira de piloto, hoje é sócio do compatriota Emanuele Naspetti na equipe Euronova no campeonato de Euro-F3000.

Camille Jenatzy 7/10/1913, morre Camille Jenatzy.

Apelidado de “o diabo vermelho”, Jenatzy ficou famoso pelos vários recordes de velocidade que conquistou, a começar por romper a barreira de 100 milhas pro hora. A sua morte foi algo de absurdo, conseqüência de uma brincadeira tragicamente mal-sucedida, na qual levou um tiro letal.

Nasceu há 138 anos, morreu em 7 / 10 /1913 aos 44 anos.

Thomas Essery Rose-Richards 7/10/1940, morre Thomas Essery Rose-Richards.

O piloto de carros esportivos e participante de GPs nos anos 30, morreu no mar em 1940.

Nasceu há 105 anos em Glamorgan, morreu em 7 / 10 /1940 aos 38 anos.

Benoît Musy 7/10/1956, morre Benoît Musy.

Benoît Musy era piloto de motos Moto Guzzi e vencedor de seis campeonatos na Suíça. Musy também participou de corridas de automóveis com vários Maseratis e acabou acidentando-se no circuito de Monthléry na França ao volante de uma Maserati 200S.

Nasceu a 90 anos em Friburgo, Suíça, morreu em 7 / 10 /1956 aos 39 anos.

Peter Walker 7/10/1912, nasce Peter Walker.

O fazendeiro Peter Walker participou de três GPs, sendo um sétimo lugar ao volante de uma BRM V16 no GP da Grã-Bretanha de 1951 o seu melhor resultado. Incrível e triste o desandar da sua vida que o fez se entregar ao alcoolismo.

Nasceu há 95 anos, morreu em 1/3/1984 aos 72 anos.

EVENTOS – 7/10/2007:

GP da China de F1, Shanghai International Circuit, China

WRC, Rally RACC Catalunya, Espanha

WTCC, Autodromo Nazionale Monza, Itália

NASCAR Nextel-Cup, Talledega Superspeedway, EUA

Australian V8 Supercars, Bathurst 1000, Austrália

Advertisements

4 Gedanken zu “Agenda Grand Prix Insider, 40ª semana

  1. Mario…ja to me acostumando,todo dia a dar uma passada aqui e procurar saber mais em seu blog sobre fatos,evidencias,noticias,pontos de vistas da F1, enfim gostaria de te perguntar uma coisa.Haveria alguma possibilidade do carro do Alonso ter sido previamente desconfigurado, e vo alem,existe alguma forma dos carros de F1 serem alterados pela telemetria? posso ta falando um monte de besteira,mas acho estranho a forma que o carro do Alonso se comportou nesse GP..não sou fã de Alonso mas acho que esse merece o titulo muito mais do que o filho de Ron.Se puder me responda a pergunta que pra mim e uma duvida..valeu!!!

  2. Jack…
    Não só o Vettel, mas tem também o Sutil, o Rosberg e o Glock vencendo a GP2.
    Será que Schumacher tem algum crédito na recente safra dos excelentes pilotos alemães.

    Abraços…

    Alex Sotto

  3. Era uma pergunta…
    „Será que Schumacher tem algum crédito na recente safra dos excelentes pilotos alemães?“
    Queria saber sua opinião a respeito…

    Alex Sotto

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s