A história mais mal-contada dos ultimos 13 anos!

Money, Money, Money A grana falou mais alto para a FIA. A perda de todos os pontos adquiridos pela McLaren durante a temporada de 2007 no mundial de construtores, mais uma multa de 100.000.000 de dólares americanos (!) não deixa mais dúvida, do que se realmente trata aqui…

Quem esperava que justiça fosse feita hoje, não tinha como não se decepcionar. Uma sentença que só visa um único objetivo: Encher os bolsos da FIA. Aliás, excelente negócio. Cada reunião do conselho mundial e seus 26 membros, inclusive as festinhas e abundâncias culinárias e hospedagem em hotéis cinco estrelas custaram a FIA cerca de 200.000 dólares por reunião. Esperava algo assim para remunerar os “dedicados” participantes do conselho mundial. Mas 100 milhões de dólares é enfiar a faca na cara de pau.

O lado bom é que não tomaram influência no mundial de pilotos. Sei que o ultimo post ficou bastante questionado entre os internautas. Mas, acreditem, havia um motivo o porquê Hamilton foi chamado pra depor durante três horas e o Alonso se safar dessa, como se nada tivesse com isso. Lewis se soltou do gancho, em minha opinião. De marketing até o ganancioso Mister Mosley entende…

Agora pergunto: Não foram o Todt e o Montezemolo, clamando justiça, querendo isso, querendo aquilo, que cobraram um julgamento justo? Será que estes dois já caíram na real? Enfim, a „lesada“ Ferrari, no final do dia, não ganhou absolutamente nada, NIENTE, com este carnaval todo, do qual o esporte virou refém nos últimos três meses.

Ah, e já antecipando: Parabéns, Signore Montezemolo e Monsieur Todt, parabéns por um título que ganharam na patada, não com competência técnica incontestada na pista.

Mas tenho certeza que ninguém na Scuderia vai sentir vergonha de herdar um título que não merece. Faz parte, a grana fala mais alto. Afinal, pensando bem, a equipe ganha benefícios…. em $$$$$$$.

Desculpem, mas tenho que sair por banheiro… pra dar uma vomitada…

P.S. Para nós brasileiros, de certa forma, é um dejá-vu, vide o que aconteceu ontem em Brasilia…

Advertisements
Kategorien: FIA

11 Gedanken zu “A história mais mal-contada dos ultimos 13 anos!

  1. Mário,

    Vc não acha que natureza e a própria razão da Formula 1 é o dinheiro? Punir a Mclaren seria o primeiro ato de uma auto implosão que ninguém deseja, nem a italianada da Ferrari, mesmo que tenhamos que baixar a cabeça e reconhecer certos relativismos morais que implicam em apoiar uma decisão dessas.

    E mais, podem espernear o quanto quiserem, principalmente os italianos, mas Ron Dennis fez muito mais pela Formula 1 como negócio e competição do que qualquer um que esteja diretamente envolvido com a categoria hoje, com exceção do Bernie.

    E há um valor inestimável no império, nos resultados e na equipe que Dennis chefia e tudo isso jamais deveria ser descartado como alguns sugeriram. Talvez, até Ron Dennis seja passageiro dentro desse time, mas há que se considerar que as vitórias são dele, da sua filosofia de trabalho e em muito refletem o resultado de um homem idiossincrático, mas obstinado e vitorioso.

    Alonso vai ser campeão no fim do ano e a maior vitória será de Ron Dennis!

    Abraços

  2. Concordo com o título injusto que a Ferrari vai receber. Um carro que quebra tanto como o atual, não merece título nenhum.

    E depois desse depoimento do Becken, não temos mais nada pra escrever.

    Abraços

  3. Perto de Brasilia, este pessoal da FIA não passam de amadores… Mas vá lá, com 100 milhões dá para fazer muitas reuniões e festinhas,

    Minha opinião de telespectador desta abundância de dinheiro, é que se vai punir, então a punição vale para todos, incluído pilotos. Ou não pune ninguém, se a Mclaren de fato se beneficiou (os pilotos também se beneficiaram, eu creio?)… Mas tudo bem, a vida segue, e acho que Alonso vai ter que rebolar muito agora para tirar o título do Hamilton (que vai ter ganhar uns 13 campeonatos, para tirar a mancha deste)…

    Abraços e parabéns por este ótimo blog….

  4. Olha, é óbvio que a Ferrari gostaria de ganhar os dois títulos no tapetão ou não, mas acho que ela ganhou sim o que queria. Isso é jogo de interesses e de orgulhos feridos e pros italianos esta condenação e por tabela, desmoralização da McLaren era a recompensa mor que eles estavam atrás. Não acho que a exclusão era a meta não. É claro que posso estar enganada, mas…

    E se o título de construtores vai no final das contas ficar com um gostinho de desmerecimento pra Ferrari, o de pilotos não vai ficar atrás não, caso vá para a McLaren. Afinal, por mais que digam que as infos não foram usadas, só os muitos ingênuos vão achar que elas não ajudaram a equipe de alguma maneira. Os dois pilotos são ótimos, mas sem carros igualmente ótimos não dá pra vencer campeonato e o deste ano teve uma mãozona da Ferrari, vai? Injustiça por injustiça…!

    XO

  5. Acho que ficou de bom tamanho, diante de todo o escândalo não poderia deixar de haver punição, e aconsidero bastante razoável que tirem os pontos do mundial de pilotos. O título caiu no colo da Ferrari, fazer o quê…

    Só não poderiam mexer no mundial de pilotos, seriam péssimo ver Massa ou Raikkonen campeão nessas condições. Nós sabemos bem que, para o público, o título de equipes não tem tanto valor, embora rend uma boa grana à campeã.

  6. Com todo o respeito, Mario, não vejo as coisas de uma forma tão simplista. Eram muitos os interesses em jogo, e o Conselho Mundial da FIA agiu com equilíbrio e inteligência. Na minha opinião, uma decisão prática e acertada. A maioria discordou de mim, mas tudo bem…

    Grande abraço!

  7. Mas se a Mclaren copiou peças da Ferrari, seria justo „lucrar“ com isso? Quanto rende para a equipa campeâ a conquista do título de construtores, em termos de marketing? A mercedes quanto ganha com a vitória no campeonato?
    Quanto aos pilotos, acho que pesou na balança do custo/benefício do castigo o facto de as restantes corridas do campeonato perderem interesse, pois a luta entre os dois primeiros avizinha-se bastante interessante, o que significa mais audiência televisiva, mais publicidade, mais bilhetes, etc…mais dinheiro!
    Penso eu…

  8. Concordo plenamente com Becken, Felipe e Blog F1 Grand Prix.

    Para mim, não se tratou de um julgamento justo mas sim equilibrado, o que era precisamente o objectivo considerando o que estava em jogo (perenidade da Fórmula1 + respeito do público (ahem! ahem!) + justiça desportiva + necessária sobrevivência da McLaren e da sua associação com Mercedes-Benz + risco de repercussões catastróficas caso o processo seguisse „à toa“ no civil, etc.). Foi uma típica operação de „damage limitation“, no melhor interesse de todas as partes.

    Pode até haver ressentimento por este veredicto ficar meio-fraco e, principalmente, por deixar os pilotos da McLaren em posição indevida. Mas foi um compromisso realista e necessário. Afinal, que sentido faria uma justiça inflexível que afundasse o barco para apagar um incêndio a bordo? Pois, nenhum mesmo…

    Até a Ferrari entendeu isso (mas também é verdade que o Todt não é de se preocupar muito com desportivismo – que o digam Jacky Ickx e Rubens Barrichello, entre outros. Com o título de construtores no colo, já se dava por satisfeito).

    Resumindo:
    – o campeonato fica irremediavelmente manchado, tanto nos construtores quanto nos pilotos (mas infelizmente, não havia mesmo nada para fazer nesse respeito)
    – mesmo assim, o público continua com uma briga intensa e indecisa até à derradeira prova
    – a FIA voltou a lembrar que quem manda, no final do final, ainda é ela
    – os „culpados“ foram identificados e demitidos das respectivas empresas. Além de nunca mais voltar a trabalhar na F1, ainda arriscam-se a sofrer sanções nos respectivos processos cíveis
    – o mais provável é que a Ferrai retire as suas queixas contra a McLaren no civil, tanto na Itália como no Reino-Unido, encerrando de facto o assunto a nível corporativo
    – ATENÇÃO: a Ferrari tem que colocar ordem na casa e parar de vez essa hemorragia de segredos industriais, nem que seja para não perder toda credibilidade perante os parceiros técnicos. Nos últimos anos, o R&D deles foi parar nas mãos da Benetton, da Toyota e agora da McLaren. Qualquer dia, até o Lula fica a saber…
    – finalemente, com o carro 2007 da McLaren fora-da-lei, a Prodrive fica com uma carta a menos no seu baralho para o próximo ano. Resta-lhe duas opções: firmar acordo com a Renault ou comprar o McLaren 2008 novinho em folha (isso… se estiver à venda)

    E agora: de volta às pistas!

  9. Desculpe, mas há uma série interpretações erráticas nas sua posição:

    – Como pode ser um julgamento chamado de „equilibrado“, se não se sabe de certo os fatos?

    – A Mercedes-Benz, assim como qualquer indústria, visa lucros. “Damage limitation”? Esta decissão acaba de jogar uma empresa de propriedade majoritária da Mercedes em prejuizo no balanço comercial para os próximos VINTE ANOS! Duvido muito que a Mercedes vai engolir este peixe podre.

    – Veredicto ficar meio-fraco? Até agora não há indício algum que a McLaren teve vantagens na pista, ainda mais que a MP4-22 e a F2007 são de concepções totalmente diferentes. NADA pode ser aproveitado técnicamente.

    – A Ferrari entendeu, que com esta sntença, além de um mundial de construtores que não merece, vai ganhar alguns milhões a mais em prêmios e participaçõs da venda de direitos, à qual a McLaren teria direito.

    – os “culpados” NÂO foram identificados e demitidos! Até agora, só foi o Stepney. É o único. Sequer o Coughlan, que admitiu tudo, foi demitido pela McLaren.

    – „O carro 2007 da McLaren fora-da-lei?“ A M P4-22 é um projeto da autoria de Adrian Newey cujo design foi completado em meados de 2006. Como pode ser algo fora-da-lei, que não tem semelhança ALGUMA com o produto do outro?

    Concordo em uma coisa: De volta às pistas, onde espero que as duas Ferraris daqui pra frente fiquem vazando óleo hidraulico e detonando amortecedores. A BMW como campeã do Mundial de Construtores seria uma ótima resposta a tudo isto!

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s