„Furo“ do mundo dos palhaços

clown.jpg  Bem que eu disse que não vou mais comentar a palhaçada até o dia 13. Porém, não disse que não iria esfregar algumas coisas nas caras de narizes redondinhos e vermelhinhos…

O jornalista italiano Pino Alievi reclamou em conversa com um colega da agência de notícias Associated Press que a matéria escrita por ele fora completamente desfigurada e reproduzida fora do contexto. E com grande repercussão.

O veterano escreveu uma peça parcialmente satírica para o jornal italiano La Gazzetta dello Sport na qual ele citou como poderia ter sido o papo dentro da McLaren simulando uma troca de e-mails entre os pilotos que, assim ele acreditava, seria entendida como particularmente hilária.

Nisto ele inventou Pedro de la Rosa mandando uma mensagem para fernando Alonso se gabando saber mais que o conterrâneo: “Sabia que descobri como a Ferrari consegue pôr esse pneu pra funcionar direitinho? O Nigel Stepney contou pro Mike Coughlan.” E o bicampeão, conforme a matéria, responde: “Não acredito. É mesmo?”

F1journalists.com

Creio que ao ficar sabendo disto hoje vai ter um monte de gente (jornalistas) meio ansiosos, esperando a qualquer momento a ser chamado na sala do redator-chefe (diretor responsável no caso de emissoras) para se explicar. A vocês, queridos, que estão afiando as facas para despedaçar a McLaren: EIS a qualidade das “evidências” na base das quais estão opinando mundo afora!

Conheço o Pino desde a minha época de piloto, além de gente boa é muito bem informado e conhece esse mundinho louco e neurótico da F1 melhor que muitos. Não teria ele, já com idade pra não dar a mínima sobre a repercussão, criado esta matéria com um intuito cínico, prevendo o que aconteceria?

Se for o caso, o fez com êxito: Max Mosley exigindo os ditos e-mails dos pilotos na base da chantagem, a mídia internacional caindo em cima copiando, multiplicando e aumentando tudo e… bilhões de blogueiros no mundo inteiro correndo atrás da „notícia“ caindo na armadilha, dando uma de papagaio.

Seria um desabafo de um jornalista da velha guarda “cheio” dos aproveitadores da internet? Acho bem provável. E neste caso eu diria: Bravo, Pinooo!!!

Advertisements

8 Gedanken zu “„Furo“ do mundo dos palhaços

  1. Mario, a matéria, de fato, continha um trecho ficcional. E que estava bem claro no corpo da matéria, por sinal. Tanto que, por isso, nem eu nem o Grande Prêmio publicamos tal matéria, que chegou a ser Top Story no F1-Live.

    Mas não misturemos alhos com bugalhos: o conteúdo do e-mail era ficcional, mas as mensagens entre Alonso e De la Rosa existem. Mosley já confirmou, não esqueçamos disto.

  2. O que me deixa indignado (e ouvi isto de vários repórteres no ar durante o fim de semana) a divulgação com autoria que os e-mails foram entregues na sexta-feira e o que continham.

    Não tenho dúvida que o GPTotal agiu com seriedade, mas é exemplo raríssimo.

    Até hoje NINGUEM teve acesso a NADA enquanto a este processo, muito menos SE estes ditos e-mail contêm algo de relevante ou não. Fora dos membros do conselho e uma dúzia de pessoas lidando com o assunto, ninguém pode afirmar absolutamente NADA sobre os detalhes EXATOS deste caso. O que não parece impedir de divulgar o que seja.

    Mas 99% se vêm em condições de divulgar com afirmação algo que não passa de boato e especulação (ou comentários de alguém da FIA, o que dá na mesma) e caminha, com as tochas na mão, rumo ao castelo do vampiro. Bem medieval, não acha?

    Aliás, o Livio Orricchio escreveu ontém uma matéria muito boa o que vem pela frente no dia 13: Se a FIA, Ferrari e Renault encurralarem a McLaren demais, capaz de levar a F1 inteira consigo pro buraco!

  3. Mário, estava lendo o site do jornalista Teo José e me deparei com uma matéria interessante. Segundo o site a Mercedes estaria se preparando para assumir o controle da McLaren caso haja alguma punição severa contra o team. A Mercedes se tornaria sócia majoritária e obteria uma nova licença da FIA para poder competir. Nesse caso Fernando Alonso estaria confirmado como o 1º piloto. Agora a minha dúvida, essa equipe poderia competir o resto desse campeonato? Você acredita nessa informação. Deixo o link com a matéria.
    http://www2.uol.com.br/teojose/noticias/ult794u46522.shl

    Abraços

  4. Ah, Alberto, se uma equipe quer mudar de nome precisa de autorização da FIA e se isto for durante uma temporada em andamento precisa também o consentimento de TODAS as equipes.

    Mais uma prova de quem lança estes boatos, não pensa nos detalhes…

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s