Lembranças de Harald Ertl

Harald Ertl 1980  O ex-piloto de F1 e campeão da DRM alemã de 1978 Harald ERTL faria hoje 59 anos, nasceu 31/08/1948 em Zell am See na Áustria. Ele faleceu no dia 7 de abril de 1982 aos 34 anos, vítima de um acidente aéreo como passageiro no avião paticular de um amigo.

A partir de 1971, depois de competir na Super-V e algumas provas de F3, radicou-se na Alemanha e começou a participar com uma Alfa Romeo GTA na Deutsche Rennsport Meisterschaft (DRM), além de participar do campeonato europeu de turismo. Mas nunca deixou de sonhar com a F1. De 1974 a 1976 ele conseguia patrocínio para correr esporadicamente Formula 2.

Ertl foi excelente na aquisição de patrocinadores e em 1975 conseguiu patrocínio da cervejaria Warsteiner para estrear na com uma Hesketh no GP da Alemanha. E se saiu muito bem chegando em 8º lugar. No GP da Áustria quebrou, mas em Monza confirmou a boa forma com o 9o lugar.

Harald Ertl, Hesketh 308B, Österreichring 1975

Para 1976 ele conseguiu patrocínio ara uma temporada inteira na Hesketh, mas a equipe estava em decadência, o lorde playboy quase quebrou e parou de investir na equipe. Ertl só se destacou quando salvou Niki Lauda das chamas no GP da Alemanha junto com Arturo Merzario e Brett Lunger. Com promessas e um carro novo convenceram ele a ficar na Hesketh, mas novamente foi parar no fundão, um 9º lugar no GP da Bélgica sendo seu único resultado expressivo. Depois do GP da França, onde mais uma vez não conseguiu a classificação para a prova, Ertl decidiu concentrar-se na DRM, onde estava brigando pelo campeonato com uma BMW 2002 Gruppe 5 e, junto com a Schnitzer, desenvolveu uma Toyota Celica com motor 2.1 Turbo.

Em 1978 fez mais uma tentativa na Ensign, mas o Mo Nunn estava ainda mais apertado financeiramente, até na pré-classificação o MN178 enguiçava. Ele então tentou o Segundo carro da ATS, mas igualmente ficou com material de segundo e não conseguiu a classificação. Pelo menos levou o título na DRM com uma Schnitzer-BMW 320i Gruppe 5.

Harald Ertl, Zakspeed Capri 1.4 Turbo, DRM 1978

Em 1979 e 1980 ele limitou-se a disputar a DRM mudando para a Zakspeed e seus dominantes Ford Capri turbo. Uma tentativa de competir no GP da Alemanha pela equipe alemã ATS, que não costumava alinhar dois carros, resultou em caos também e fez Ertl desistir de vez da F1. Em 1981 Ertl se afastou das pistas, pois não via perspectiva na DRM que mudou para caríssimos carros do grupo 6 e grupo C.

Em 1982, agora aos 33 anos um empresário de sucesso na área de comunicação, voltou para disputar na então extremamente competitiva copa Renault 5 Turbo, mas já com as prioridades voltadas para o seu negócio e a família. Depois da primeira etapa em Hockenheim Ertl foi viajar com a família no jato particular de um amigo para a sua casa de praia na ilha Sylt no litoral norte da Alemanha. Após cerca de uma hora de vôo houve uma pane a bordo, o bimotor despencou matando e piloto e Ertl na hora. A esposa do piloto e seu pequeno filho de dois anos sobrevivem o desastre por sorte.

Advertisements

4 Gedanken zu “Lembranças de Harald Ertl

  1. você esqueceu de mencionar a belissima corrida de Ertl no GP da Alemanha de 1978 onde, guiando um Ensign, disputou a sexta posição com Gilles Villeneuve com a Ferrari. Ertl venceu o duelo, mas infelizmente o carro quebrou a duas ou tres voltas do fim, impedindo que ele marcasse seu unico ponto na Formula 1.

  2. Bem lembrado Alvir. Aquela corrida do tipo tudo ou nada, pois precisava garantir o patrocínio além daquela corrida.

  3. Em 2009, entrevistei o filho do Ertl para o meu blog, o Almanaque da Fórmula 1. É Sebastian o nome dele (a mãe chama-se Vera). Encontrei o Sebastian por acaso, em um post sobre o Harald onde ele comentou sobre o próprio pai, em um fórum alemão sobre automobilismo (e isso sem entender nada do idioma; usei a ajuda do Google Translator). Como relancei o blog este ano e estou publicando alguns conteúdos antigos, porém relevantes, dentro de algumas semanas irei publicá-la novamente.

    Gostava de acompanhar teu blog, quando era escrito em português e inglês. GP Insider era o nome, não? Depois você sumiu do mapa e acabei o encontrando por acaso, fazendo algumas pesquisas sobre Fórmula 1. 🙂

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s